A presença do burro apuleiano em uma das cem novelas boccaccianas

Vinícius Medeiros dos Santos

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar a relação intertextual manifesta entre O asno de ouro, de Apuleio, e Decameron, de Giovanni Boccaccio. Baseamos nossas pesquisas tanto nos estudos intertextuais de Jenny (1979), Kristeva (2005) e Samoyault (2008) quanto nos estudos sobre os autores do córpus. Para tanto, primeiro realizamos uma leitura individual de cada uma das obras elencadas, em seguida, focamos especificamente nos contos selecionados, a saber, respectivamente a história do amante dentro do vaso e a história de Peronella, analisando-os por meio de uma comparação. Como resultados, apontamos para a influência e a permanência de Apuleio, cujos elementos literários são ressignificados por Giovanni Boccaccio.


Palavras-chave


Apuleio; O asno de ouro; Boccaccio; Decameron.

Referências


ANDRADE, A. C. N. B. Trans-formações (a)temporais em Il Decameron: de Pasolini a Boccaccio. 2010. 211 f. Dissertação de Mestrado em Letras pelo Programa de Pós-graduação em Letras, Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, São José do Rio Preto, 2010.

APULEIO. O asno de ouro. Trad. Ruth Guimarães. São Paulo: Editora Cultrix, 1963.

BETELLA, G. K. O Decameron de Giovanni Boccaccio e o olhar transcriador de Pasolini. Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária da PUC-SP. nº 17, p. 170-187, dezembro, 2016.

BOCCACCIO, G. Decamerão. Trad. Torrieri Guimarães. São Paulo: Licença da Hemus Livraria Editora Ltda. Editora Abril, 1971, p. 311-317, 353-356.

BONETTO, M. S. O amor sensual e o celibato clerical no Decameron, de Boccaccio. 2017. 132 f. Dissertação de Mestrado em Letras pelo Programa de Pós-graduação em Letras no Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, São José do Rio Preto, 2017.

CARPEAUX, O. M. O Trecento. In: ____ História da Literatura Ocidental. Rio de Janeiro: Cruzeiro, 1961. p. 327-361.

CARVER, R. H. F. The Protean Ass: The Metamorphoses of Apuleius from Antiquity to the Renaissance. New York: Oxford University Press, 2007.

CAVALLARI, D. N. O Decameron de G. Boccaccio: alguns traços de intertextualidade. Recorte - Revista de Linguagem, Discurso e Cultura. ano 3, nº5, p. sem página, Julho-Dezembro, 2006.

_____. A palavra astuta: as estratégias discursivas e a modernidade do Decameron de G. Boccaccio. BAKHTINIANA, São Paulo, v. 1, n. 4, p. 6-16, 2010.

FRANCO, A J. Operadores de leitura. In: Bonnici, T.; Zolin, L. Teoria literária: Abordagens Históricas e Tendências Contemporâneas. Maringá: Eduem, 2003. p. 33-56.

FRIEDMAN, N. O ponto de vista na ficção: O desenvolvimento de um conceito crítico. Trad. Fábio Fonseca de Melo. REVISTA USP, São Paulo, n. 53, p. 166-182, março/maio, 2002.

FROW, J. Intertextuality and ontology. In: WORTON, M.; STILL, J. Intertextuality. Theories and practices. Manchester: Manchester University Press, 1990. pág. 45-55.

HAIGHT, E. H. Apuleius and his influence. New York: Longman/Green and Co., 1927.

HOFMANN, H. Latin Fiction: The Latin novel in context. Londres: Routledge, 1999.

JENNY, Laurent (ed.): Poétique, nº27 (1976), ed. port.: Intertextualidades (Coimbra, 1979).

KRISTEVA, J. Introdução à Semanálise. São Paulo: Perspectiva, 2005, trad. Lúcia H. F. Ferraz.

MOISÉS, L. P. Texto, Crítica, Escritura. São Paulo: Ática, 1978, p. 58-76.

OMENA, L. M. As estratégias de afirmação social das mulheres no romance O asno de ouro, de Lúcio Apuleio. História: Questões & Debates, Curitiba, n. 34, 2001, p. 65-88.

SAMOYAULT, T. A Intertextualidade. Trad. Sandra Nitrini. São Paulo: Aderaldo & Rothschild, 2008.

SANDY, G. N. Apuleius’ Golden Ass: from Miletus to Egypt. In: HOFMANN, H. Latin Fiction. London: Routledge, 1999. p. 81-102.

SHUMATE, N. Apuleius’ Metamorphoses: the inserted tales. In: HOFMANN, H. Latin Fiction. London: Routledge, 1999. p. 113-125.

TRUJILLO, A. M. A base triádica da obra de arte literária. 2009. 280 f. Tese de Doutorado em Literatura na Universidade de Brasília, Brasília, 2009.

VASCONCELOS, B. A. O escravo como coisa e o escravo como animal: da Roma antiga ao Brasil contemporâneo. Revista UFG, Ano XIII, nº 12, 2012.

WINKLER, J. J. A Narratological Reading of Apuleius’s Golden Ass. Berkeley and Los Angeles: University of California Press, 1991.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.