Tecnologia e superação da metafísica de Heidegger

Rafael Paes Henriques

Resumo


A técnica moderna deve ser compreendida, como uma espécie de acabamento, como o ápice do projeto metafísico.  Só que nem todo o real cabe na concepção tecnometafísica do mundo e, assim, muitas outras
possibilidades de realização da realidade ficam de fora. Por isso a necessidade de se superar a metafísica no sentido de  ganhar a sua  verdadeira  dimensão.  Nessa tarefa, é preciso ultrapassar o entendimento de homem  e  mundo  como  sendo  dois  substratos  autônomos  e  independentes;  faz-se  necessária  a compreensão  da  origem  e  do  encaminhamento  que  tudo  divide,  na  perspectiva  do  apoderamento  e  do controle  da realidade, pelo homem.  O esforço deve ser o de retirar a significação prévia de tudo o que se realiza,  isto é, significa  perder  um  mundo  –  o mundo tecnometafísico  –  para ganhar  o  mundo.  E o que Heidegger aponta como sendo o  pensamento  é justamente  uma atividade que põe em  funcionamento um modo  mais  originário  e  inaugural  de  relacionamento  com  a  realidade,  que  se  orienta  desde  a  verdade como desencobrimento.

Palavras-chave


Tecnologia; Metafísica; Heidegger.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.