Uso Atual e Quantificação de Áreas Degradadas na Margem Direita do Rio São Francisco no Município de Curaçá-BA (Current Use and Quantification of Degraded Areas at the Right Riverside of São Francisco River at Curaçá Municipality (Bahia, Brazil))

Tony Jarbas Cunha, Iêdo Bezerra Sá, Manoel Batista de Oliveira Neto, Tatiana Ayako Taura, Jose Coelho de Araújo Filho, Vanderlise Giongo, Maria Sonia Lopes da Silva, Marcos Antônio Drumond

Resumo


A paisagem do Submédio do Vale do São Francisco tem, ao longo dos anos, passado por constantes alterações devido às atividades antrópicas, onde a vegetação original da Caatinga hiperxerófila foi gradativamente sendo eliminada pelo processo extrativista e parte cedendo espaço ao processo de uso agrícola. Dessa maneira, muitas áreas sem aptidão ou de aptidão restrita para o uso agrícola são cultivadas, aumentando o risco de degradação pelo efeito da erosão que atinge, inclusive, a vegetação ciliar. A recuperação desta vegetação é um grande desafio, haja vista as dificuldades de conciliar a garantia do sustento das famílias ribeirinhas e de torná-las parte integrante deste processo de reconstituiçãrrro da mata ciliar. O objetivo geral deste estudo foi avaliar o uso e ocupação dos solos e integrar e fortalecer estudos ambientais para a preservação da vegetação ciliar. Também visou contribuir com a recuperação de áreas degradadas, florestamento, reflorestamento e ecossistemas agrossilviculturais, encaminhados ao Programa de Revitalização da Bacia do Rio São Francisco, para os municípios de Curaçá no Estado da Bahia. Inicialmente foram realizados estudos básicos que indicaram o município de Curaçá apresentou a maior percentagem de áreas degradadas (13,21%). As áreas com vegetação de Caatinga arbustiva se destacam na maior parte do município estudado. De um modo geral, pode-se dizer que no município, praticamente toda a vegetação ciliar foi retirada e que a grande maioria dos solos relacionados aos sedimentos fluviais encontra-se em via ou com elevado grau de salinização e degradação. 

Palavras – Chave: Zona ripária; Estudos edafo-ambientais; Recuperação de áreas degradadas. 

 

Current Use and Quantification of Degraded Areas at the Right Riverside of São Francisco River at Curaçá Municipality (Bahia, Brazil) 

 

ABSTRACT

Over the years the landscape of the of the lower half of São Francisco Valley has undergone constant change due to anthropogenic activities where the original hyperxerophilous Caatinga vegetation has been gradually eliminated by the extractivist process and partially given over to space for agricultural use. In this way several areas without suitability or of limited suitability for agricultural use have been cultivated, increasing the risk of degradation by the effect of erosion, which affects the vegetation, including the riparian vegetation. The recuperation of this vegetation has been a great challenge in face of the difficulties to conciliate the guarantee of the livelihood of riverside families and turning them into an integral part of this reconstitution process of the riparian forest. The general objective of this study was to evaluate the use and occupation of the soils and to integrate and strengthen environmental studies for the preservation of the riparian vegetation. It also intended to contribute to the recuperation of degraded areas, forestation, reforestation and agroforestry ecosystems directed towards the Revitalization Program of the São Francisco River Basin at the municipalities of Curaçá, in the State of Bahia, Brazil. Initially, basic studies indicated that the municipality of Curaçá presented the largest proportional percentage of degraded areas studied (13,21%). The areas with shrub Caatinga vegetation cover the major part of the municipality which was studied. In a general, it can be said that in the municipality, practically the whole riparian vegetation has been removed and the majority of the soils related to fluvial sediments are, either in process of salinity and degradation, or present an elevated degree of both. 

Keywords: Riparian zone, edapho-environmental studies, Recuperation of degraded areas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v4.6.p1197-1212



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License