DIAGNÓSTICO SOCIOECONÔMICO E AMBIENTAL DAS VULNERABILIDADES À DESERTIFICAÇÃO NA COMUNIDADE DO BRAVO – BOA VISTA/PB (Socioeconomic and environmental diagnostic of vulnerability to desertification in the community Bravo - Boa Vista / PB)

Válter Cardoso Tavares, Sérgio Murilo Santos de Araújo

Resumo


Este trabalho aborda a desertificação da comunidade rural do Bravo, município de Boa Vista/PB, e faz uma análise das vulnerabilidades socioeconômicas e ambientais, revelando a inter-relação entre a vulnerabilidade das famílias rurais pesquisadas com o fenômeno da desertificação. O mesmo tem como objetivo principal diagnosticar a vulnerabilidade socioeconômica e ambiental à desertificação da comunidade do Bravo no município de Boa Vista/ PB. Para a realização do trabalho foram utilizados questionários de avaliação das condições socioeconômicas e ambientais dos agricultores da comunidade do Bravo no que tange a mensuração das vulnerabilidades. Ademais, foram feitas pesquisas bibliográficas em sites especializados, artigos, publicações em periódicos, dissertações, teses e livros a respeito do tema em pauta. A metodologia utilizada no diagnóstico das vulnerabilidades socioeconômica e ambiental é adaptada do Rio Grande do Sul para o Semiárido paraibano. A pesquisa revelou os seguintes resultados referentes à comunidade do Bravo: a Vulnerabilidade Social, com 29,07% - que é considerada moderada; a Vulnerabilidade Econômica, com 8,1% - que é considerada baixa; a Vulnerabilidade Tecnológica, com 31,2% - que é considerada alta; e a Vulnerabilidade às Secas, com 8,58% - que é considerada baixa. Portanto, pode-se concluir, com base nos resultados da pesquisa, que a comunidade do Bravo apresentou um bom desempenho no que concerne às vulnerabilidades social, econômica e às secas. Apresentando apenas um resultado não satisfatório em relação à vulnerabilidade tecnológica (que foi alta). Palavras-chave: Desertificação, Vulnerabilidade, Semiárido, Comunidade do Bravo.

 

 

 

A B S T R A C T

This paper addresses the desertification of the rural community of Bravo, city of Boa Vista / PB, and analyzes the socioeconomic and environmental vulnerabilities, revealing the interplay between the vulnerability of rural households surveyed with the phenomenon of desertification. Desertification is a major environmental problems of our time and cause deleterious effects to the population. The same has as main objective to diagnose the socio-economic and environmental vulnerability to desertification of the Bravo community in Boa Vista / PB. To perform the job evaluation questionnaires were used in socioeconomic and environmental conditions of the farmers of the Bravo community regarding the measurement of vulnerability. In addition, literature searches were made in specialized sites, articles, publications in journals, dissertations, theses and books on the subject at hand. The methodology used in the diagnosis of socio-economic and environmental vulnerabilities is adapted from Rio Grande do Sul for the Semi-Arid Paraiba. The survey revealed the following results regarding the Bravo community: Social Vulnerability, with 29.07% - which is considered moderate; Economic Vulnerability, with 8.1% - which is considered low; Technological Vulnerability, with 31.2% - which is considered high; and Vulnerability to Drought, with 8.58% - which is considered low. Therefore, it can be concluded, based on the results of the research, the community of Bravo performed well with respect to social, economic vulnerabilities and droughts. With only an unsatisfactory result for technological vulnerability (which was high).

Keywords: Desertification, Vulnerability, Semiarid, Bravo Community.

 


Palavras-chave


Geossistemas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v8.5.p1541-1556



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License