Análise da Variação Microclimática em Diferentes Níveis de Fragmentação (Analysis of Microclimate Variation at Different Levels of Fragmentation)

Anne Falcão de Freitas, Joel Silva dos Santos, Rita Baltazar de Lima

Resumo


A fragmentação da vegetação inserida no ambiente urbano, decorrente da ocupação desordenada do solo, gera transformações significativas na dinâmica dos fatores termodinâmicos. Este trabalho analisa o sistema microclimático urbano, subsistema termodinâmico da Universidade Federal da Paraíba, em diferentes níveis de fragmentação. Foram realizadas coletas de dados de temperatura e umidade relativa do ar, em três pontos com diferentes fragmentações, durante os períodos: chuvoso (março a agosto) e seco (setembro a fevereiro). Também foi avaliado o nível de estresse térmico e foi efetuada a classificação dos tipos de cobertura de solo em cada ponto monitorado, resultando em nove classes, de acordo com a percentagem da presença de vegetação, de materiais permeáveis e de materiais impermeáveis, tendo sido utilizados métodos quantitativos e qualitativos. Os resultados demonstraram que os diferentes níveis de fragmentação da Mata Atlântica, no espaço urbano da UFPB, têm alterado o campo térmico, e consequentemente alterado também o conforto térmico desse espaço.

 

 

A B S T R A C T

The fragmentation of vegetation inserted in the urban environment, resulting from the disorderly occupation of soil, generates significant transformation in the dynamics of the thermodynamic factors. This paper analyzes the urban microclimate system, thermodynamic subsystem at the Federal University of Paraiba, in different levels of fragmentation. Temperature data collection and relative humidity were held at three points with different fragmentation during periods: rainy (March to August) and dry (September to February). It also assessed the level of thermal stress and it was performed the classification of the soil cover types at each point monitored, resulting in nine classes, according to the percentage of the presence of vegetation, for permeable materials and impervious materials, having been used quantitative and qualitative methods. The results demonstrated that the different levels of fragmentation of the Atlantic Forest, in the urban space from UFPB, have changed the thermal field, and consequently also changed the thermal comfort of this space.

Keywords: Microclimate, fragmentation levels, UFPB

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.1.p226-236



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License