Proposta de Zoneamento Ambiental para a Reserva Biológica das Araucárias com Base em Atributos Topográficos

Ronaldo Ferreira Maganhotto, Luis Claudio De PAula Souza, Jairo Calderari De Oliveira Junior, Marciel Lohmann

Resumo


O consumo dos recursos naturais trouxe à tona questionamentos sobre o que pode ser feito para evitar prejuízos cada vez maiores à natureza. Sendo assim, as Unidades de Conservação (UCs) passam a exercer papel primordial no processo de proteção ambiental. Soma-se a isso o plano de manejo, instrumento que estabelece o zoneamento da UC e as normas que devem presidir o uso da área. Nesse contexto, este trabalho objetivou propor o zoneamento ambiental da REBIO das Araucárias a partir do processamento de atributos topográficos e das suas correlações com o uso do solo. Para tanto, foram gerados diversos atributos topográficos derivados do Modelo Digital do Terreno (MDT). Como resultados, verificou-se que a utilização dos atributos topográficos possibilitou o entendimento das informações pedológicas e de limitação de uso (susceptibilidade ambiental). Logo, para o zoneamento, realizou-se tabulação cruzada entre a Limitação de Uso e o Uso do Solo, sendo delineadas as Zonas de Manejo da unidade.


Palavras-chave


Geotecnologia; Atributos Topográficos; Áreas Protegidas



DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v13.5.p%25p

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License