A NOÇÃO DE CULTURA EM GUPTA E FERGUSON, SAHLINS E CUNHA

Ana Caroline Amorim Oliveira

Resumo


Este ensaio tem como objetivo fazer uma breve análise sobre o conceito de cultura tomando como base três autores: A. Gupta e J. Ferguson(2000) em seu artigo intitulado “Mais além da ‘cultura’: espaço, identidade e política da diferença” em que os autores fazem uma crítica à noção de cultura; M. Sahlins(1997) nos artigos “O ‘pessimismo sentimental’ e a experiência etnográfica: porque a cultura não é um objeto em via de extinção Parte I e parte II” em que defende a noção de cultura e, por fim, M. Carneiro da Cunha com a sua proposta conceitual de cultura com aspas.  Os três autores possuem uma visão crítica de cultura e falam de transformações culturais, mas de formas distintas. Os primeiros propõem o fim da noção de cultura, outro a defesa da mesma e, por fim, a existência de mais uma noção de cultura: a cultura com aspas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Estudos e Investigações Antropológicas
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE – Brasil
reiappga@gmail.com