Memória e História da esquerda: a organização da massa trabalhadora em São Paulo, Brasil

Rafael Lopes Sousa, Marília Gomes Ghizzi Godoy, Alzira Lobo de Arruda Campos

Resumo


O estudo da esquerda na cidade de São Paulo vincula-se ao estudo do movimento operário na sua versão mais consequente – a do sindicalismo. Os combates operários e a luta sindical constituíram a caixa de ressonância da organização da vanguarda revolucionária, isto é, dos partidos ou correntes que pretendiam a derrubada da ordem burguesa, anunciando a coesão social nos âmbitos dos sindicatos e dos partidos políticos nacionais. Embora incontestavelmente sob a influência de teóricos e partidos europeus, cada corrente de esquerda era prisioneira da história brasileira, da história de São Paulo e, em última instância, das relações pessoais estabelecidas entre seus quadros. Nesse sentido, as interações do PCB com o ambiente nacional, estudadas como predeterminações para muitas atividades e posições dos comunistas, devem ser acrescidas com os laços de amizade, sempre fundamentais em nossa história.


Palavras-chave


Memória; Sindicalismo; Anarquistas e Comunistas

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Giovanni. O Novo (e Precário) Mundo do Trabalho. Reestruturação produtiva e crise do sindicalismo. São Paulo: BOITEMPO EDITORIAL, 2005.

ARENDT, Hanna. Da Revolução. Trad. de Fernando Dídimo Vieira. 2.ª ed. São Paulo: Ática; Brasília: Ed. Universidade de Brasília, 1990.

ARENDT, Hanna. Da Revolução. Trad. de Fernando Dídimo Vieira. 2.ª ed. São Paulo: Ática; Brasília: Ed. Universidade de Brasília, 1990, p. 48.

BASBAUM, Leoncio. História sincera da República. 2. ed. São Paulo/ Coleção Temas Brasileiros. Editora Edaglit, 1962.

BEIGUELMAN, Paula. Os companheiros de São Paulo. São Paulo, Ed. Símbolo, 1977.

BRANDÃO, Octavio. Combates e batalhas: memórias [por] Octavio Brandão. São Paulo: Alfa-Omega, 1978.

CAMPOS, Alzira Lobo de Arruda. "Tempos de Viver": Dissidentes Comunistas em São Paulo (1931-1936). Tese de Livre-docência. FHDSS/UNESP. FRANCA, 1998, p. 246. Mimeo.

CAMPOS, Alzira Lobo de Arruda. Estrangeiros e ordem social (São Paulo, 1926-45). Revista Brasileira de História, v. 17, 1997, p. 201-237.

CARONE, Edgard. Classes sociais e movimento operário. São Paulo, Ática, 1989.

CHILCOTE, Ronald H. O Partido Comunista Brasileiro. Conflito e Integração. 1922-1972. Trad. de Celso Mauro Paciomik. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1982.

DIAS, Everardo. História das lutas sociais no Brasil. São Paulo: Temas Brasileiros n. 8, Editora Edaglit, 1962.

DULLES, John W. F. Anarquistas e comunistas no Brasil. 1900-1935. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1977.

HARDMAN, Francisco Foot. Nem pátria, nem patrão! 2. ed., São Paulo: Brasiliense, 1984.

Jornal O Estado de S. Paulo. Edições de: 1/12/1889; 20/6/1917; 30/6/1917; 6/7/1917.

MAFFEI, Eduardo. A Greve. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

MARTINS, José de Souza. Conde Matarazzo, o empresário e a empresa. 2. ed. São Paulo, HUCITEC, 1976.

RIBEIRO, Darcy. Aos trancos e barrancos. Como o Brasil deu no que deu. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Dois, 1985.

ROIO, José Luiz Del. 1.º de Maio. Cem anos de luta. 1886-1986. Org. pelo Centro de Memória Sindical. São Paulo: Global, 1986.

SCHMIDT, Afonso. Bom tempo. São Paulo, Brasiliense, 1958.

SILVA, Hélio. Apresentação, em: CHILCOTE, Ronald H. O Partido Comunista Brasileiro. Conflito e Integração. Trad. de Celso Mauro Paciomik. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1982.

SIMÃO, Azis. Sindicato e Estado: São Paulo, Dominus Editora/ Ed. da USP, 1966.




DOI: https://doi.org/10.22264/clio.issn2525-5649.2017.35.2.do.05

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas