Das ressignificações do passado: As artes da memória e a escrita da história de Caiana dos Crioulos

Janailson Macêdo Luiz

Resumo


O artigo problematiza narrativas constituídas em torno da origem de Caiana dos Crioulos, comunidade remanescente de quilombos situada no brejo paraibano, no município de Alagoa Grande. Em especial, são abordadas as memórias dos moradores do local em relação a formação de sua comunidade ou de períodos mais longínquos de sua trajetória enquanto grupo, como as relacionadas as violências do período da escravidão e do pós-abolição, inseridos dentro dos “tempos antigos” relatados pelos “mais velhos”. Tais representações sobre o passado da comunidade são cruzadas com aquelas constituídas sobretudo a partir de meados do século XX por sujeitos da sociedade circundante, tais como jornalistas e políticos, assim como, a partir dos anos noventa, pelos próprios membros do grupo, durante a afirmação de uma identidade quilombola, onde suas heranças, sua identidade e seu passado passam a ser ressignificados.


Palavras-chave


Quilombolas; Caiana dos crioulos; Memória; Etnicidade

Texto completo:

PDF

Referências


ALBERTI, Verena. Histórias dentro da História. In: PINSKY, Carla Bassanezi (org). Fontes Históricas. São Paulo: Contexto, 2005. p. 155-202.

ANJOS, Rafael Sanzio Araújo dos. Quilombos: Geografia Africana – Cartografia Étnica Territórios Tradicionais. Brasília: Mapas Editora & Consultoria, 2009.

APOLINÁRIO, Juciene Ricarte. A presença do povo Kariri no sertão da capitania da paraíba entre os séculos XVII E XVIII: primeiros contatos interetnicos, deslocamentos e iniciativas indígenas. Disponível em:

DOSPOVOSKARIRINOSERTAODACAPITANIADAPARAIBA.pdf>. Acesso: dez. 2013.

ARENDT, Hannah. Entre o passado e o futuro. Tradução de Mauro W. Barbosa. 6. ed. São Paulo: Perspectiva, 2009.

ARRUTI, José Maurício Paiva Andion. Mocambo: Antropologia e História do processo de formação quilombola. Bauru: EDUSC, 2006.

BARTH, Fredrik. O guru, o iniciador e outras variações antropológicas. Tradução de Jonh Cunha Comeford. Rio de Janeiro: contra Capa Livraria, 2000.

BARTH, Fredrik. Temáticas permanentes e emergentes na análise da etnicidade. In: GOVERS, Cora; VERMEULEN, Hans (org.). Antropologia da etnicidade: para além de ethnic groups and boundaries. Tradução de Rogério Puga. Lisboa: Fim de século, 2003. p. 19-44.

BENJAMIM, Walter. Obras escolhidas, v. I: magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1985.

BORGES, Jorge Luis. Ficções. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

BRASIL. Decreto n. 4.887, de 20 de novembro de 2003. Regulamenta o procedimento para identificação, reconhecimento, delimitação, demarcação e titulação das terras ocupadas por remanescentes das comunidades dos quilombos de que trata o art. 68 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias. Disponível em: . Acesso: 18 mai. 2008.

CAVALCANTI, Josefa Salete B. Caiana – Reduto de um quilombo? Revista Tudo. 20/10/1983.

CHARTIER, Roger. A História Cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difel; Rio de Janeiro: Editora Bertrand Brasil, 1990. 239 p.

CHARTIER, Roger. A visão do historiador modernista. In: FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína (Org.). Usos & Abusos da História Oral. 8. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

CRUIKSHANK, Julie. Tradição oral e história oral: revendo algumas questões. In: AMADO, Janaína; FERREIRA, Marieta de Moraes Ferreira (cord.). Usos & abusos da história oral. 8. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006. p. 149- 164.

FALCONI. Um quilombo esquecido. Correio das Artes, João Pessoa. 1949.

FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína (Org.). Usos & Abusos da História Oral. 8. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

FERREIRA, Roquinaldo. África durante o comércio negreiro. In: SCHWARCZ, Lilia Moritz;

GOMES, Flávio dos Santos (Org.). Dicionário da escravidão e Liberdade: 50 textos críticos. São Paulo: Companhia das Letras, 2018. p. 51-56.

FREIRE, José Avelar. Alagoa Grande: aspectos econômicos e fatos da sua história. João Pessoa: Ideia, 1996.

FOOTE-WHYTE, William. Treinando a observação participante. In: GUIMARÃES, Alba Zaluar (org.). Desvendando Máscaras Sociais. Rio de Janeiro: Francisco Alves. 1980. p.77-86.

GAMBARRA, Rafaela. Esforço para manter as tradições. João Pessoa: Jornal A União. 17/03/2013.

GOMES, Flávio dos Santos. "No labirinto dos rios, furos e igarapés": camponeses negros, memória e pós-emancipação na Amazônia, c. XIX-XX", História Unisinos, v. 10, n. 3 (2006), p. 281-292.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

LIMA, Hezrom Vieira Costa. Negro & Quilombola: a identidade étnica em questão na

comunidade remanescente de quilombos de Caiana dos Crioulos - PB. Cadernos de História, Belo Horizonte, v. 17, n. 27, p. 496-520, out. 2016.

LIMA, Luciano Mendonça de; LIMA, Maria Vitória; ROCHA, Solange. A escravidão e o processo de conquista e ocupação do interior da Paraíba. In: SOUZA, Antonio Clarindo Barbosa de; SOUSA, Fabio Gutemberg R. B.História da Paraíba: ensino médio. Campina Grande: EDUFCG, 2007. p. 45 – 58.

LOPES, Nei. Novo dicionário Banto do Brasil. 2. ed. Rio de Janeiro: Pallas, 2012.

LUIZ, Janailson Macêdo. “Arrocha o bumba negada”: cotidiano, tradição e memória das cirandeiras de Caiana dos Crioulos. 2010. 69 f. Monografia (Graduação em História) – Centro de Educação, Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, 2010.

LUIZ, Janailson Macêdo. Das ressignificações do passado: As artes da memória e a escrita da história da comunidade remanescente de quilombos Caiana dos Crioulos, Alagoa Grande – PB. Dissertação (Mestrado em História), Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, 2013.

MATOS, Hebe Maria; RIOS, Ana Lugão. Memórias do cativeiro: família, trabalho e cidadania no pós-abolição. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

MATOS, Hebe Maria; RIOS, Ana Lugão. MATOS, Hebe Maria. Memórias do cativeiro: narrativa e identidade negra no antigo Sudeste cafeeiro. In: MATOS, Hebe Maria; RIOS, Ana Lugão. Memórias do cativeiro: família, trabalho e cidadania no pós-abolição. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005. p. 35-136.

MOURA, Clóvis. Quilombos: resistência ao escravismo. São Paulo: Ática, 1987.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Projeto História, São Paulo, n. 10, p. 7-28, 1993.

PAIVA, Ricardo de; SOUZA, Vânia R. Fialho de P. e Souza. Relatório de Identificação: Caiana dos Crioulos – Alagoa Grande/PB. Recife: Fundação Cultural Palmares, 2008.

POLLAK, Michael. Memória, esquecimento, silêncio. Estudos históricos, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p. 3-15, 1989.

RAMOS, L. M. O papel da tradição oral na constituição do patrimônio cultural e na formação de identidades de comunidades quilombolas no Brasil. In: Encontro Nacional de História Oral, 9., 2008, São Leopoldo. In: Anais do IX Encontro Nacional de História Oral. São Leopoldo: Editora Oikos, 2008. p. 1-11.

REIS, João José. GOMES, Flávio dos Santos (org.). Liberdade por um fio: História dos Quilombos no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. p. 52-59.

RICOEUR, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Campinas: Editora da Unicamp, 2007.

SANTANA, Jussara Manuela Santos de. Territorialidade Quilombola: um olhar sobre o papel feminino em Caiana dos Crioulos, Alagoa Grande, PB. 2011. 95 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal da Paraí¬ba, João Pessoa, 2011.

SEEGER, Anthony. Pesquisa de campo: uma criança no mundo. In: _____. Os Índios e nós: estudo sobre sociedades tribais brasileiras. Rio de Janeiro: Campus, 1980. p. 25-40.




DOI: https://doi.org/10.22264/clio.issn2525-5649.2018.36.2.12

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas