O Plano para o Bom Governo dos Índios: um jesuíta a serviço da evangelização calvinista no Brasil holandês

Ronaldo Vainfas

Resumo


Resumo: Este artigo examina o projeto missionário adotado pelos predikants calvinistas no Brasil holandês, buscando explicar os aspectos da metodologia jesuítica nele presentes. Neste sentido, analisa o Plano para o Bom Governo dos Índios apresentado em 1635 ao conselho diretor da Compahia das Índias Ocidentais, por Manoel de Moraes, um jesuíta que, convertido ao calvinismo, viveu oito anos na Holanda atuando comoconsultor dos holandeses nos assuntos relacionados ao Brasil.

 

Palavras-chave: Brasil holandês; Jesuítas; Manoel de Morais


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                          

             

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                  contador inserido em 14. Junho. 2018   hits counter html