“1968, NAS TEIAS DA HISTÓRIA E DA MEMÓRIA”

Maria Paula Araujo

Resumo


Em 2008 comemora-se os quarenta anos dos episódios culturais e políticos que assolaram o mundo ocidental em 1968. No Brasil e em vários outros países do mundo se realizam seminários, eventos e inúmeras edições comemorativas de “68”. Estas comemorações trazem à tona as intrincadas relações entre história, memória e identidade. O ano de 1968 tornou-se símbolo de uma geração e, em função desta representação, seu conteúdo é mistificado pela historiografia, pela mídia e pelas novas gerações.

 

Palavras-chave: 1968, memória, juventude, movimento estudantil.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                          

             

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                  contador inserido em 14. Junho. 2018   hits counter html