A ESPOSA-ESPÍRITO NAMBIQUARA

Ana Maria Ribeiro. F. M Costa

Resumo


Este artigo tem o propósito de dar a conhecer, segundo a crença mítico-religiosa dos Kithãulhu, Halotesu, Sawentesu, Wakalitesu, Niyahlosu, Siwaihsu e Hinkatesu, grupos indígenas Nambiquara do Cerrado, a existência da esposa-espírito, wanintakalosu, e sua relação com o pajé, wanintesu, e sua esposa, a mulher-humana, txusu. Nesta análise foram empregadas a técnica e a metodologia da história oral, com dados coletados entre 2004 e 2007 com os Nambiquara do Cerrado, localizados no Oeste do Estado de Mato Grosso, fronteira com a Bolívia. Na condição de esposa-espírito, as fontes orais revelam a sua importância na sociedade Nambiquara, à medida que é a responsável pelo sucesso da atuação de seu esposo- humano, o pajé, bem como na intermediação do mundo profano com o sobrenatural.

Palavras-chave: Nambiquara do Cerrado, pajé, esposa-espírito, fontes orais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                          

             

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                  contador inserido em 14. Junho. 2018   hits counter html