A GUARDA NACIONAL E AS RELAÇÕES ENTRE OS PODERES CENTRAL E LOCAL NA PROVÍNCIA DO RIO GRANDE DO SUL NO SÉCULO XIX

André Fertig

Resumo


O artigo objetiva enfocar a importância da Guarda Nacional do Rio Grande do Sul na construção do Estado nacional brasileiro como instituição articuladora dos poderes locais ao centro de poder configurado, em meados do século XIX, no Rio de Janeiro. Para tanto, abordaremos as principais funções exercidas pela milícia na Província, salientando três esferas de atuação: como força policial na defesa da ordem interna, como força militar nas guerras em que o Império do Brasil se envolveu na Região do Prata e, finalmente, como instrumento simbólico a serviço do Estado imperial na construção da nação.

Palavras-chave: Império do Brasil, Guarda Nacional, história política.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


                          

             

 ISSN: 0102-9487  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com