Quando brigam as comadres sabem-se as verdades. Elite provincial e as origens do Partido Parlamentar de 1853

Suzana Cavani Rosas

Resumo


Este artigo analisa a formação de uma combativa oposição conservadora na Câmara a um gabinete do seu próprio partido, o de Rodrigues Torres, em 1853.  Tenciona-se, em suas páginas, identificar as origens dessa oposição no conflito envolvendo os guabirus e os delegados do poder central em Pernambuco, os presidentes de província, entre 1851 e 1853. Nesse sentido, pretende-se mostrar que, apesar da centralização política e da homogeneidade ideológica e de treinamento da elite imperial, a bancada guabiru na Câmara esteve articulada com seus correligionários na provincial na defesa de seus interesses locais, acolhendo e defendendo  os reclamos vindos da imprensa e da Assembleia Província de Pernambuco contra o gabinete, através de uma frente parlamentar, composta de políticos da situação, identificada em razão dessa peculiaridade, como Partido Parlamentar.


Palavras-chave


Partido Parlamentar, conflito político, interesses provinciais, elite imperial

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas