COERÇÃO E CONTROLE: a educação superior no Brasil durante a ditadura civil-militar (1964-1988)

Jaime Valim Mansan

Resumo


Resumo: Durante a vigência do regime ditatorial instaurado no Brasil em 1964, foram realizadas, por meio do Estado, diversas ações de controle social, algumas delas orientadas especificamente para a educação superior. O controle ocorria através da coerção e da formação de consensos favoráveis. Objeto de reflexão neste artigo, a coerção era formada por três elementos fundamentais e indissociáveis: normatização, vigilância e punição. Palavras-chave: controle coercitivo, educação superior, Ditadura Civil-Militar.

 

Resumen: Durante la vigencia del régimen dictatorial instaurado en Brasil en 1964, fueron hechas, por medio del Estado, diversas acciones de control social, algunas de ellas orientadas específicamente para la educación superior. El control ocurría a través de la coerción y de la formación de consensos favorables. Tema de reflexión en este artículo, la coerción era formada por tres elementos fundamentales e indisociables: normación, vigilancia y punición. Palabras clave: control coercitivo, educación superior, Dictadura Civil-Militar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


                          

             

 ISSN: 0102-9487  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com