HISTÓRIA E MEMÓRIA: A CONSTRUÇÃO DO MITO ISABEL VALENÇA, A CHICA DA SILVA DO GRES ACADÊMICOS DO SALGUEIRO PELA IMPRENSA CARIOCA

Guilherme José Motta Faria

Resumo


RESUMO: A trajetória de Isabel Valença, popularizada no carnaval como “Chica da Silva” nos permite perceber a importância da relação estabelecida entre a cultura e a mídia, para o debate sobre gênero e raça nos anos 1960\70. Utilizando jornais, entrevistas com antigos sambistas e livros de jornalistas e pesquisadores desenvolvi as bases deste artigo. Representando uma escrava no período colonial, Isabel sintetizou a força de superação das mulheres, se tornando um exemplo a ser seguido. A imprensa ajudou a construir o mito e até os dias atuais continua a reverenciar essa personagem no cenário cultural do Rio de Janeiro.

Palavras-Chave: Carnaval, mídia, escolas de samba, memória, questão social, gênero.

 

ABSTRACT: The path of Isabel Valença, made popular in the carnival as “Chica da Silva”, allows us to perceive the importance of the relationship established between culture and media for the debate about genre and race in the years 1960/70. By making use of newspapers, interviews with late sambistas, and books written by journalists and researchers, I have established the grounds for this article. Playing the role of a slave from the colonial period, Isabel was able to concentrate women’s strength and ability to overcome, becoming an example to be followed. The press helped to build the myth and, to this day, continues to revere this character in the cultural scenery of Rio de Janeiro.

Key-words: Carnaval, Media, Schools of Samba, Memory, Social Issues, Genre      


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                          

             

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                  contador inserido em 14. Junho. 2018   hits counter html