“Um olho no atlântico, outro na fronteira”. Os Charqueadores de Pelotas, o comércio de carne-seca e as suas propriedades na fronteira com o Uruguai (século xix). // "An eye in the atlantic, other in the frontier". The Charquesadores of Pelotas, the trade of meat and its properties in the border with Uruguay (century xix).

Jonas Moreira Vargas

Resumo


O presente artigo analisa o comércio do charque rio-grandense com os portos da Bahia e Pernambuco e os investimentos realizados pelos charqueadores de Pelotas em propriedades rurais tanto na região da campanha sul-rio-grandense, quanto na campanha uruguaia, ao norte do rio Negro. O crescente desenvolvimento do complexo charqueador pelotense nas primeiras décadas do oitocentos fez aumentar a demanda por gado e terras, provocando uma expansão agrária rumo a fronteira sudoeste da província. Tal fenômeno provocou uma série de conflitos que desencadearam duas intervenções militares do Exército brasileiro em Montevidéu (1851 e 1864). Estas guerras foram fundamentais para vencer a concorrência contra os saladeros platinos, além de manter os altos níveis de comércio do produto entre as décadas de 1850 e 1860.


This article analyzes the jerky beef trade of Rio Grande with the ports of Bahia and Pernambuco and the investments made by Pelotas owners on farms both in the campaign Rio Grande do Sul, as the campaign Uruguayan, north of the Rio Negro. The increasing development of Pelotas manufacturing complex in the first decades of the eight hundred has increased the demand for land and cattle, causing an agrarian expansion towards southwest border of the province. This phenomenon led to a series of conflicts that have provoked two military interventions in the Brazilian army in Montevideo (1851 and 1864). These wars were crucial to winning the competition against platinum saladeros, while maintaining high levels of product trade between the 1850s and 1860s.


Palavras-chave


Fronteira; Rio Grande do Sul; Comércio. // Frontier; Rio Grande do Sul; Trade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas