SABERES EM CIRCULAÇÃO NA AMÉRICA PORTUGUESA: os estudantes maranhenses na Universidade de Coimbra (1778- 1823)

Marcelo Cheche Galves, Romário Sampaio Basílio

Resumo


Estudo da circulação de impressos entre São Luís do Maranhão e Lisboa, no período de 1778-1823, com base na documentação da Real Mesa Censória, preservada pelo Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Apontamos para as variadas razões que promoveram o deslocamento de homens e livros para São Luís, em um momento que compreende importantes transformações vividas na capitania. Partimos do pressuposto da distinção entre letramento e erudição, condição para que tal movimentação seja apreendida em sua diversidade de motivações, nem sempre relacionadas à difusão do saber científico. Em seguida, enfatizamos as remessas de impressos dos estudantes maranhenses que estudaram na Universidade de Coimbra, salientando alguns títulos que trouxeram (ou tentaram trazer) em suas bagagens, e sua atuação como remetentes de livros para a capitania.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                          

             

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                  contador inserido em 14. Junho. 2018   hits counter html