O pão das Índias: o milho nos relatos de Diego Durán e José de Acosta

Luis Guilherme Assis Kalil, Renato Denadai da Silva

Resumo


A partir dos relatos de dois cronistas da América espanhola, o dominicano Diego Durán e o jesuíta José de Acosta, analisa-se como esses autores procuraram compreender o universo indígena que se apresentava ao trabalho missionário tendo como ponto central a relação estabelecida entre a alimentação (na qual o milho exerceu papel fundamental) e a religião indígena. A alimentação e suas relações com elementos como a natureza do indígena e do Novo Mundo ainda é um viés pouco explorado pela historiografia sobre o período colonial. Deste modo, pretende-se identificar as representações ao redor do milho e o seu papel mediador na incorporação intelectual de um universo natural e moral distinto ao do europeu.


Palavras-chave


José de Acosta; Diego Durán; História da Alimentação

Texto completo:

PDF

Referências


ACOSTA, José de. Historia natural y moral de las Indias. México: Fondo de Cultura Económica, 1985.

BERTRAN VILÁ, Miriam. Cambio alimentario e identidad de los indígenas mexicanos. México, D.F: Direccion General de Publicaciones y Fomento Editorial - UNAM, 2005.

BRAUDEL, Fernand. Civilização Material, Economia e Capitalismo, séculos XV – XVIII. Tomo I – As estruturas do cotidiano: o possível e o impossível. Lisboa: Teorema, 1979.

BRUIT, Héctor Hernan. Apresentação geral das crônicas. Revista Idéias, n. 11(1), 2004.

CAVERO CARRASCO, Ranulfo. Maíz, Chicha y religiosidad andina. Ayacucho: Universidad Nacional de San Cristóbal de Huamanga, 1986.

CHARTIER, Roger. À beira da falésia: a história entre incertezas e inquietude. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 2002.

CHARTIER, Roger. A “nova” história cultural existe? In: LOPES, Antonio Herculano; VELLOSO, Mônica Pimenta; PESAVENTO, Sandra Jatahy. (Org.). História e linguagens: texto, imagem, oralidade e representações. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2006.

DURÁN, Fray Diego. Historia de las Indias de Nueva España e islas de la tierra firme. 2ª ed. México: Ed. Porrúa, 1984.

FERNÁNDEZ-ARMESTO, Felipe. Comida: uma história. Rio de Janeiro: Record, 2004.

FLANDRIN, Jean-Louis; MONTANARI, Massimo (Org.). História da Alimentação. São Paulo: Estação Liberdade, 1998.

KARNAL, Leandro. As crônicas ao sul do Equador. Revista Idéias, n. 13(2), p. 11-23, 2006.

MENESES, Ulpiano T. Bezerra; CARNEIRO, Henrique. A História da Alimentação: balizas historiográficas. Anais do Museu Paulista, v. 5, jan/dez 1997.

O’GORMAN, Edmundo. Prólogo. In: ACOSTA, José de. Historia natural y moral de las Indias. México: Fondo de Cultura Económica, 1985.

OLIVAS WESTON, Rosario. La cocina en el Virreinato del Perú. Lima: Universidad de San Martín de Porres, 2003.

ORELLANA, Margarita de. Artes de México - Mitos del maíz, n. 79, 2006.

PANEGASSI, Rubens Leonardo. O mundo universal: alimentação e aproximações culturais no Novo Mundo ao longo do século XVI. Dissertação (Mestrado). Universidade de São PauloUSP, São Paulo, SP, 2008.

SANTOS, Eduardo Natalino dos. Deuses do México indígena: estudo comparativo entre narrativas espanholas e nativas. São Paulo: Palas Athena, 2002.

THEODORO, Janice. América barroca: tema e variações. São Paulo/Rio de Janeiro: Edusp/Nova Fronteira, 1992.

THEODORO, Janice. Dissimulação e contraste: Diego Durán e a nova memória americana. In: BESSONE, Tánia Maria Tavares e QUEIROZ, Tereza Aline P. (Coord.). América Latina: imagens, imaginação e imaginário. Rio de Janeiro/São Paulo: Expressão e Cultura/Edusp, 1997.

WARMAN, Arturo. La historia de un bastardo: maíz y capitalismo. México: Fondo de Cultura Económica, 1988.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas