O 25 de Março de 1884 e a luta pela libertação dos escravos em Pernambuco

Maria Emília Vasconcelos dos Santos

Resumo


O 25 de março de 1884 foi a data da libertação dos escravos na Província do Ceará e que marcou uma nova fase do movimento abolicionista em Pernambuco. Este artigo busca analisar as repercussões de tal evento na província pernambucana e como seus agentes – escravos, senhores, abolicionistas e simpatizantes se mobilizaram em prol do fim da escravidão.


Palavras-chave


Escravidão; Abolição; Abolicionismo-Pernambuco

Texto completo:

PDF

Referências


ALONSO, Angela. Idéias em movimento: a geração de 1870 na crise do Brasil Império. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

ALONSO, Angela. “O Abolicionista Cosmopolita - Joaquim Nabuco e a rede abolicionista transnacional.” Revista Novos Estudos Cebrap, São Paulo, n. 88, 2010.

AZEVEDO, Célia M. Marinho de. Onda Negra, Medo Branco. O negro no imaginário das elites: século XIX. 2º edição. São Paulo: Annablume, (1987) 2004.

BARBOZA, Edson Holanda Lima. “Sobre as hidras do Norte: Rotas de transgressão desde o Ceará aos portais da Amazônia - 1877/1889”. Revista Brasileira do Caribe, Goiânia, Vol. XI, nº21, Jul-Dez, 2010.

BELLINI, Ligia. Por amor e por interesse: a relação senhor-escravo em cartas de alforria. In: REIS, João José (Org.). Escravidão e invenção da liberdade: estudos sobre o negro no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1988.

BELLO, José Maria. Memórias. Rio de Janeiro: José Olympio Editora, 1958.

BOMPASTOR, Sylvia Couceiro. O Discurso da Sociedade Auxiliadora da Agricultura de Pernambuco em fins do Império: 1875-1885. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pernambuco/UFPE. Recife, 1991.

CASTILHO, Celso. Abolitionism Matters: The Politics of Antislavery in Pernambuco, Brazil, 1869-1888. Tese (Doutorado em História) - University of California. Berkeley. Berkeley, 2008

CASTILHO, Celso. Agitação Abolicionista, Transtornos Políticos: O Recife na véspera da campanha abolicionista. JACKSON, Kenneth David; ALBUQUERQUE, Severino João (Orgs.). Conferências sobre Joaquim Nabuco – Joaquim Nabuco e Wisconsin. Centenário da

Conferência na Universidade. Ensaios comemorativos. Rio de Janeiro: Bem-Te-Vi Produções Literárias Ltda., 2010.

COSTA, Francisco Augusto Pereira da. Pernambuco ao Ceará: O dia 25 de Março de 1884. 2. ed. Fortaleza: Secretaria de Cultura, 1984.

COSTA, Lenira Lima da. A lei do ventre livre e os caminhos da liberdade em Pernambuco1871-1888. Dissertação (Mestrado em História) - UFPE/Recife, 2007.

EISENBERG, Peter. Modernização sem mudança: a indústria açucareira em Pernambuco, 1840-1910. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.

FRAGA FILHO, Encruzilhadas da Liberdade. Histórias de escravos e libertos na Bahia (1870-1910). Campinas: Ed. Unicamp, 2006.

FERREIRA, Lusirene Celestino França. Cruzando o Atlântico: os ecos da abolição do Ceará no mundo atlântico (1884). XVIII Encontro de História da Anpuh- Rio, Identidades, 2008.

GALLOWAY, J. H. “The last years of slavery on the sugar plantations of Northeastern Brazil”. Hispanic American Historical Review, vol. 51, Issue 4, 1971.

GRAHAM, Richard. “Nos Tumbeiros mais uma vez? O comércio interprovincial de escravos no Brasil.” Revista Afro-Ásia, n. 27, 2002.

GRINBERG, Keila. “Escravidão e liberdade na fronteira entre o Império do Brasil e a República do Uruguai: notas de pesquisa”. Cadernos do CHDD/ Fundação Alexandre de Gusmão, Centro de História e Documentação Diplómatica, ano 6, número especial, [Brasília, DF], 2007.

HOFFNAGEL, Marc Jay. From Monarchy to Republic in Northeast Brazil: the case of Pernambuco, 1868-1895. Indiana: Indiana University, 1975.

LIMA, Edna Lúcia Oliveira da Cunha. Cinco décadas de litografia comercial no Recife: por uma história das marcas de cigarros registradas em Pernambuco, 1875-1924. Dissertação (Mestrado em Artes) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 1998.

MACHADO, Maria Helena. O Plano e o pânico: os movimentos sociais na década da Abolição. Rio de Janeiro: Editora UFRJ-EDUSP, 1994.

MARTINS, Paulo Henrique de Souza. Escravidão, abolição e pós-abolição no Ceará: sobre histórias, memórias e narrativas dos últimos escravos e seus descendentes no sertão cearense. Dissertação (Mestrado em História) UFF, Niterói, 2012.

MATTOSO, Kátia de Queirós. Ser escravo no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1990.

MORAES, Renata Figueiredo. As festas da Abolição: o 13 de maio e seus significados no Rio de Janeiro (1888-1908). Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2012.

NABUCO, Joaquim. A campanha abolicionista no Recife, eleições de 1884. Rio de Janeiro: G. Leuzinger & Filhos, 1885.

REZENDE, Lívia Lazzaro. A Circulação de imagens no Brasil oitocentista: Uma história com marca registrada. CARDOSO, Rafael. (Org.). O design brasileiro antes do design: aspectos da história gráfica, 1870-1960. São Paulo: Cosac Naify, 2005.

SALES, Maria Letícia Xavier. “O Clube do Cupim e a Memória Pernambucana”. Revista do Arquivo Público Estadual de Pernambuco. Recife, v. 40, n. 43, 1990.

SANTOS, Maria Emilia Vasconcelos dos. Os significados do 13 de maio: A abolição e o imediato pós-abolição para os trabalhadores dos engenhos da Zona da Mata Sul de Pernambuco (1884-1893). Tese de Doutorado, Unicamp – IFCH, Campinas, SP, [s.n.], 2014.

SILVA, Eduardo. Law, Telegraph, and Festa: A Revaluation of Abolition in Brazil. Pour l’histoire du Brésil: Hommage à Katia de Queirós Mattoso. Paris: L‟ Harmattan, 2000.

SILVA, Eduardo. As Camélias do Leblon e a abolição da escravatura. Uma investigação de história cultural. Cia das Letras, São Paulo, 2003.

SILVA, Ricardo Tadeu Caíres. As ações das sociedades abolicionistas na Bahia (1869-1888). In: 4o Encontro Escravidão e Liberdade no Brasil Meridional, Curitiba, 13 a 15 de maio de 2009. . Acessado em: 15 janeiro 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas