RECIFE: NOTAS EM TORNO DA GÊNESE DE UM CAMPO CULTURAL

Flávio Weinstein Teixeira

Resumo


Partindo de uma discussão sobre a modernidade artística no Brasil, o artigo procura explorar as conexões possíveis dessa discussão com os debates intelectuais e culturais no Recife dos anos 1920-50. O propósito é dar relevo às linhas de força, às sociabilidades letradas, bem como aos espaços de reconhecimento e consagração do fazer artístico/intelectual que, em diálogo do que ocorria em âmbito nacional, resultaram em uma dinâmica própria e específica ao campo cultural da cidade. Para tanto, dá especial atenção à atuação de um grupo teatral local (TEP - Teatro dos Estudantes de Pernambuco) e à sua contribuição para a renovação das práticas artísticas e intelectuais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                        

                

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         em 20. Set. 2018 Contador de visitas