Democracia, justiça e estado de exceção: Passado presente

Tàsso Araújo Brito

Resumo


Violência contra parcelas da sociedade, descrença nas instituições democráticas e agentes do estado infligindo torturas contra aqueles que estão sob sua custodia, elementos que corroem o projeto democrático brasileiro. Entre o passado de ditadura militar-civil e nosso atual momento passamos a perceber como práticas tidas como exceção se transformaram em regras que afetam as vidas de muitos cidadãos brasileiros. O presente artigo investiga essas experiências políticas para questionar que democracia é essa em que vivemos.


Palavras-chave


Ditadura; Julgamento; Prisões; Torturas

Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, Giorgio. Homo Sacer: O poder soberano e a vida nua. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

AGAMBEN, Giorgio. Estado de Exceção. São Paulo: Boitempo, 2004

BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas volume 1: Magia e técnica, arte e política. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1994.

BENJAMIN, Walter. Documentos de cultura, documentos de barbárie: escritos escolhidos. São Paulo: Cultrix Editora. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1986.

BEZERRA, Gregório. Memórias. São Paulo, SP: Editora Boitempo, 2011.

BORGES, Nilson. A Doutrina de Segurança Nacional e os Governos Militares. In: FERREIRA, Jorge; DELGADO. Lucilia de Almeida Neves. Brasil Republicano V.4: O Tempo de Ditadura: Regime Militar e Movimentos Sociais em Fins do Século XX. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012.

BRASIL. Ato Institucional I. Acesso em 27- 07-14: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/AIT/ait-01-64.htm

BRASIL. Ato Institucional I. Lei de Segurança Nacional, 1953. Acesso em 27- 07-14: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/1950-1969/L1802.htm

BRASIL. Ato Institucional I. Lei de Segurança Nacional, 1967. Acesso em 28 - 07 -14: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1960-1969/decreto-lei-314-13-marco-1967-366980-publicacaooriginal-1-pe.html

BRAYNER, Flávio Henrique Albert. Partido comunista em Pernambuco: mudança e conservação na atividade do partido comunista brasileiro em Pernambuco 1956 -1964. Recife: FUNDAJ/Editora Massangana, 1989.

CANEIRO, Ana; CIOCCARI, Marta. Retrato da Repressão no Campo – Brasil 1962-1985 – Camponeses torturados, mortos e desaparecidos. Brasília: MDA, 2010.

FOUCAULT, Michel. A verdade e as formas jurídicas, Rio de Janeiro: NAU, 2003.

FRANCO, Marina. Anticomunismo, subversíon y patria: Construcciones culturales e ideológica em la Argentina de lós 70. In CALLANDRA, Bernadetta. FRANCO, Marina. La guerra fria cultural en América latina. Buenos Aires: Biblos, 2012.

HOBSBAWN, Eric J. Era dos extremos: o breve século xx (1914-1991). São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

MACIEL, Wilma Antunes. O Capitão Lamarca e a VPR Repressão Judicial no Brasil. São Paulo, Sp: Alameda, 2006.

MARTIN-CHENUT, Kathia. O sistema penal de exceção em face do direito internacional dos direitos humanos. In SANTOS, C.M. et all. Desarquivando a ditadura: Memória e justiça no Brasil. São Paulo: Editora Hucitec, 2009.

MARTINS FILHO, João Roberto. Tortura e ideologia: os militares brasileiros e a doutrina da guerre révolutionnaire (1959-1974). In SANTOS, C.M. et all. Desarquivando a ditadura: Memória e justiça no Brasil. São Paulo: Editora Hucitec, 2009.

MONTENEGRO, Antônio Torres. História e Memória de lutas políticas. In. Marcas da Memória: história oral da anistia no Brasil. Recife: Editora da UFPE, 2012.

MONTENEGRO, Antônio Torres. Ação trabalhista, repressão policial e assassinato em tempos de regime militar. In Topoi, v. 12, n. 22, jan.-jun. 2011 p. 228-249. Acesso em 30 de janeiro de 2015: http://www.revistatopoi.org/numero_atual/topoi22/topoi%2022%20-%20artigo%2013.pdf

NOCERA, Raffaele. La guerra fria en América Latina reflexiones acerca da la dimensíon político-institucional. CALLANDRA, Bernadetta. FRANCO, Marina. La guerra fria cultural en América latina. Buenos Aires: Biblos, 2012.

PEREIRA, Anthony W. Ditadura e Repressão: O Autoritarismo e o Estado de Direito no Brasil, no Chile e na Argentina. São Paulo, SP: Paz e Terra, 2010.

PORFÍRIO, Pablo. Medo, comunismo e revolução Pernambuco (1959-1964). Recife: Ed. Universitária UFPE, 2009.

RANCIÈRE, Jacques. O ódio à democracia. São Paulo: Boitempo, 2014.

REIS FILHO, Daniel Aarão. Ditadura e Democracia no Brasil. Rio de Janeiro: Ed. Zahar, 2014.

REZENDE, Maria José. A ditadura militar no Brasil: repressão e pretensão de legitimidade (1964-1984). Londrina: Ed. Uel, 2001.

WAISELFISZ, Julio Jacobo. Mapa da violência 2015 homicídios de mulheres no Brasil. In: http://www.mapadaviolencia.org.br/pdf2015/MapaViolencia_2015_mulheres.pdf




DOI: https://doi.org/10.22264/clio.issn2525-5649.2017.35.1.do.05

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas