Economia e tráfico de africanos escravizados na Paraíba da primeira metade do século XIX

Matheus Guimarães

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar o resultado de pesquisa acerca do comércio de africanos/as escravizados/as para a capitania/província da Paraíba na primeira metade do século XIX. Os estudos sobre escravidão no Brasil têm avançado significativamente, entretanto, algumas lacunas ainda precisam ser preenchidas. Uma delas consiste em abordar os portos não centrais para o comércio atlântico de escravizados/as, como era o exemplo da Paraíba. Outra lacuna refere-se ao comércio interno existente antes de 1850, período que marca o fim do tráfico atlântico e intensifica o comércio intraprovincial.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                        

                

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         em 20. Set. 2018 Contador de visitas