A questão da salubridade em Natal nas primeiras décadas do Século XX na Ótica dos periódicos A Republica e Diário do Natal

Gabriela Fernandes de Siqueira

Resumo


A modernização de Natal não incluiu apenas mudanças materiais. Esse processo também implicou em transformações sociais e de percepção. Era preciso modificar os costumes, transformar cheiros e sentidos. O objetivo deste artigo é analisar como os periódicos de maior circulação em Natal no início do século XX, o jornal oficial A República e o jornal oposicionista Diário do Natal, representaram a atuação do governo estadual e da municipalidade frente às questões de salubridade pública. Sendo assim, ao longo do texto serão discutidos aspectos da modernização de Natal no que tange a salubridade urbana por meio da atuação da Inspetoria de Higiene e da Intendência de Natal, demonstrando como esse processo foi limitado e conviveu com várias continuidades. Para tanto, serão utilizados como fontes os periódicos citados, mensagens de governadores, leis e decretos municipais e estaduais.


 


Palavras-chave


Modernização; Jornais; Governo; Inspetoria de Higiene

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Ildegarde Elouise. Pela higiene dos corpos e da cidade: o quadro médico-sanitarista da cidade de Natal na última década do século XIX. In: XIX SEMANA DE HUMANIDADES. Anais da XIX Semana de Humanidades. Natal: Editora da UFRN, 2011.

ARRAIS, Raimundo; ANDRADE, Alenuska; MARINHO, Márcia. O corpo e a alma da cidade: Natal entre 1900 e 1930. Natal: Editora da UFRN, 2008.

ARRAIS, Raimundo. Recife, culturas e confrontos: as camadas urbanas na campanha Salvacionista de 1911. Natal: Editora da UFRN, 1998.

BENCHIMOL, Jaime. Reforma urbana e Revolta da Vacina na cidade do Rio de Janeiro. In: FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucilia de Almeida Neves (orgs.). O Brasil Republicano I- O tempo do liberalismo excludente: da Proclamação da República à Revolução de 1930. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

BRESCIANI, Maria Stella. Imagens de São Paulo: estética e cidadania. In: LUCA, Tania Regina de; IOKOI, Zilda Grícoli (orgs.). Encontros com a História: percursos históricos e historiográficos. São Paulo: Editora da UNESP, 1999.

BRESCIANI, Maria Stella M. Londres e Paris no século XIX: o espetáculo da pobreza. São Paulo: Brasiliense, 1989.

CASCUDO, Câmara. História da Cidade do Natal. Natal: Editora da UFRN, 1980.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 2012.

CORBIN, Alain. Saberes e odores: o olfato e o imaginário social nos séculos XVIII e XIX. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

FERREIRA, Angela Lúcia; DANTAS, George (orgs.). Surge et Ambula: A construção de uma cidade moderna (Natal, 1890-1940). Natal: Editora da UFRN, 2006.

FERREIRA, Angela Lúcia et al. Uma cidade sã e bela: a trajetória do saneamento de Natal – 1850-1969. Natal: IAB/RN; CREA/RN, 2008.

FOLLIS, Fransérgio. Modernização urbana na Belle Époque paulista. São Paulo: Editora UNESP, 2004.

LUCA, Tania Regina de. História dos, nos e por meio dos periódicos. In: PINSKY, Carla Bassanezi (org.). Fontes Históricas. São Paulo: Contexto, 2008.

NEVES, Lúcia Maria B. P. das; MOREL, Marcos; FERREIRA, Tânia M. Bessone da C (orgs.). História e Imprensa: representações culturais e práticas de poder. Rio de Janeiro: DP&A/Faperj, 2006.

OLIVEIRA, Giovana Paiva de. De cidade a cidade: o processo de modernização do Natal 1889/1913. Natal: Editora da UFRN, 1999.

PESAVENTO. Sandra Jatahy. O cotidiano da república: elite e povo na virada do século. Porto Alegre: Editora Universidade/UFRGS, 1998.

RAGO, Margareth. Do cabaré ao lar: a utopia da cidade disciplinar: Brasil 1890-1930. São Paulo: Paz e Terra, 2014.

ROLNIK, Raquel. A cidade e a lei: legislação, política urbana e territórios na cidade de São Paulo. São Paulo: Studio Nobel, 1999.

SANTOS, Renato Marinho Brandão. Natal, outra cidade!: o papel da Intendência municipal no desenvolvimento de uma nova ordem urbana (1904-1929). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, 2012.

SENNETT, Richard. Carne e pedra: o corpo e a cidade na civilização ocidental. Rio de Janeiro: Record, 1997.

SEVCENKO, Nicolau. A capital irradiante: técnicas, ritmos e ritos do Rio. In: NOVAIS, Fernando A (coord.). História da vida privada no Brasil. República: da Belle Époque à era do rádio. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

SILVA, Eduardo. As queixas do povo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

SILVA, Rodrigo Otávio da. Sair curado para a vida e para o bem: diagrama, linhas e dispersão de força no complexus nosoespacial do Hospital de Caridade Juvino Barreto (1909-1927). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, 2012.




DOI: https://doi.org/10.22264/clio.issn2525-5649.2017.35.2.al.03

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas