Max Mueller, Heidegger e o experienciar judaico-cristão (Max Mueller, Heidegger and the Judeo-Christian experience)

Roberto de Amorim Almeida

Resumo


Os estudos acerca da confrontação entre o pensamento tradicional-ocidental (subentenda-se metafísica clássica) e o questionar heideggeriano com relação a dimensão originária por parte de Max Mueller, não o levou a construção de nenhum posicionamento filosófico definitivo, pelo menos até o presente momento. lsto, no sentido do mesmo não ter levado a consequências últimas, qual seria o verdadeiro significado do que estaria por trás deste confrontar, mais precisamente, qual seria de fato  último horizonte de tal confrontação.

Studies on the confrontation between traditional-Western thought (classical metaphysics is implied) and Heidegger's questioning of the original dimension by Max Mueller did not lead him to construct any definitive philosophical position, at least so far. Thus, in the sense that it did not lead to ultimate consequences, what would be the true meaning of what was behind this confront, more precisely, what would be the ultimate horizon of such a confrontation?


Palavras-chave


Max Mueller, Heidegger; Metafísica clássica; Classical metaphysics

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas