FAMÍLIA ESCRAVA: ANTIGAS E NOVAS REFLEXÕES.

Miridan Britto Falci

Resumo


O artigo compreende uma análise comparativa entre as recentes pesquisas realizadas em Minas Gerais e no Rio de Janeiro sobre a família escrava e os trabalhos já consagrados na historiografia que abordam a mesma temática. A idéia central é a de que os estudos de caso nas diversas regiões brasileiras, sob a ótica das relações familiares entre cativos, evidenciam a complexidade da realidade social do Brasil escravista. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


                          

             

 ISSN: 0102-9487  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com