Negros em Laguna: (in) visibilidade das populações de origem africana em Laguna na primeira metade do século XX

Julio Cesar da Rosa

Resumo


Neste artigo abordamos a cidade de Laguna (SC) na primeira metade do século XX, seus espaços, a sua economia, a composição da sua população. A análise proposta será realizada com base na discussão com a historiografia catarinense e regional, bem como por meio do uso de fontes históricas, especificamente dados de censos populacionais encontrados no acervo do IBGE- UNIDADE ESTADUAL DE SANTA CATARINA. Utilizamos também como fontes Livros Atas, os Estatutos dos clubes e jornais, mapas e imagens antigas da cidade, com o objetivo de, para além de situarmos a sua configuração geográfica, identificarmos em que espaços as populações de origem africana estavam inseridas no contexto. Pretendemos apresentar a inserção dos afrodescendentes no município de Laguna, e seu peso na população local e no mercado de trabalho.


Palavras-chave


História; Afrodescendentes; Laguna/SC; Espaço urbano

Texto completo:

PDF

Referências


ANDREWS, George Reid. Negros e brancos em São Paulo (1888-1988). Bauru, SP: EDUSC, 1998.

ARAUJO, Hermetes Reis de. A invenção do litoral: reformas urbanas e reajustamento social em Florianópolis na Primeira República. São Paulo, 1989. Dissertação (Mestrado) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

BITENCOURT, João Batista. Da salubridade à eugenia: cidade e população no Estado Novo. Espaço Plural, Ano VIII, nº 17, 2° semestre 2007, p. 55-64.

CAMPOS, Gizely Cesconetto De. Patrimônio edificado de Laguna: conhecer, interpretar e preservar. Tubarão 2007. Dissertação (Ciências da Linguagem). Universidade do Sul de Santa Catarina. UNISUL.

CARDOSO. Fernando Henrique. Negros em Florianópolis: relações sociais e econômicas. Florianópolis: Insular, 2000.

CARUSO, Marilea Martins Leal; CARUSO, Raimundo C. Índios, baleeiros e imigrantes: a aventura histórica catarinense. Tubarão: Unisul, 2000.

CHALHOUB, Sidney. Cidade febril: cortiços e epidemias na corte imperial. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

DALL'ALBA, João Leonir. Laguna antes de 1880: documentário. Florianópolis: Lunardelli: UDESC/DAPE, 1979.

ELIAS, Norbert. O processo civilizador: uma história dos costumes. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1990.

FERNANDES, Florestan. A integração do negro na sociedade de classes. São Paulo: Dominus: Ed. Univ. S. Paulo, 1965. 2v.

GUEDES JUNIOR, Valmir. Porto da Laguna: a luta de um povo traído. Florianópolis: [s. n.], 1994.

LEITE, Ilka Boaventura. Negros no sul do Brasil: invisibilidade e territorialidade. Florianópolis: Letras Contemporâneas, 1996.

LUCENA, Liliane Monfardini Fernandes de. Laguna: de ontem a hoje espaços públicos e vida urbana. Florianópolis, 1998. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

NODARI, Eunice. S.; SERPA, Elio. C.; MERGENER, Flávia. DEL PRA NETTO, Cláudio. Laguna e Lages: reformulação das condutas e sociabilidades na Primeira República. Revista Catarinense de História, n º 3, 1995.

REIS, Aloísio. Brinca quem pode: territorialidade e (in) visibilidade negra em Laguna Santa Catarina. Florianópolis. 1996. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social). Universidade Federal do Estado de Santa Catarina-UFSC.

ULYSSEA, Saul. A Laguna de 1880. Florianópolis: IOESC, 1943.




DOI: https://doi.org/10.22264/clio.issn2525-5649.2016.34.1.al.266-287

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas