A VIDA AO AR LIVRE: OS BANHOS DE RIO, DE MAR E DE SOL.

Rita de Cássia Barbosa de Araújo

Resumo


Este artigo trata do processo histórico-social de transformações das praias de mar de Pernambuco, das suas formas de ocupação, dos seus usos e significados, entre 1840 e 1940. Dentre os fatores que condicionaram as mudanças — ❑ saber médico, as transformações econômicas, sociais, culturais e urbanas —, é dada ênfase apenas ao conhecimento médico e à compreensão de como esse saber influenciou na criação de um novo olhar sobre as praias, fornecendo a chave discursiva que resultaria na valorização econômica, social e cultural daquele espaço e no estabelecimento de novos padrões comportamentais; representações, concepções estéticas e atitudes para com o corpo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

             


                          

 

 

  Endereço: Avenida da Arquitetura, s/n, Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) - 10º andar, CEP: 50740-550, Cidade Universitária, Recife-PE, Brasil. Email: editorclio@gmail.com. Fone: +55 (81)2126-8291