IMPRENSA E POLÍTICA NO PARANÁ: UMA PROSOPOGRAFIA DOS REDATORES REPUBLICANOS.

Amélia Siegel Corrêa

Resumo


A crise do regime monárquico brasileiro veio acompa-nhada do surgimento e da expansão do movimento republicano no final do século XIX. No período, a imprensa não somente se colocou como palco dos debates institucionais, como também teve papel de poder in-formal. Para melhor compreender as redes e configurações que ensejaram a produção e difusão de ideários republicanos no Paraná, elaborou-se uma prosopografia dos redatores que discutiram a questão republicana na imprensa local. A biografia coletiva permitiu também a compreen-são dos variados posicionamentos políticos nas redes que influencia-ram o republicanismo local que, em sua vertente dominante, esteve vin-culado ao projeto de modernização conservadora das elites ervateiras, detentoras de capital econômico e político que lhes permitiu o controle do estado após a Proclamação da República. Como o campo intelectual ainda não tinha se configurado, vincularam-se os redatores analisados ao campo político. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                        

                

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         em 20. Set. 2018 Contador de visitas