PERCORRENDO MEMÓRIAS, SELECIONEI O ESTADO NOVO.

Zélia de Oliveira Gominho

Resumo


O cotidiano do Recife sofreu severas intervenções nas décadas de 30 e 40, no sentido de disciplinar o espaço e a convivência urbana. Levando-se em consideração o controle que o Estado exerceu sobre os registros dos acontecimentos daquela época, testemunhos orais conjugados com materiais escritos nos facilitam a compreensão desses momentos de nossa história. Este artigo busca expressar a importância das fontes orais para a escrita da história contemporânea. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


                          

             

 ISSN: 0102-9487  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com