A VISITA DE TOLLENARE AOS CARMELITAS DESCALÇOS/TERÉSIOS DE OLINDA.

Fernando Ponce de León

Resumo


A propósito da visita de L. F. de Tollenare aos Carmelitas Descalços/Terésios, de Olinda, ocasião em que debateu-se a Revolução Francesa, procura-se abordar o tema da transição sócio-política do Absolutismo para o Liberalismo, quando ocorre a supressão de ordens religiosas. A expulsão dos Carmelitas Descalços do Convento do Desterro/Sta. Teresa de Olinda, ocorreu em 1823, no contexto dos movimentos liberais que antecederam a Confederação do Equador. Alegava-se, para sua expulsão, que os religiosos eram súditos de Portugal (e, portanto, absolutistas), sendo, também, contrários à independência brasileira. O término desse processo viria com a extinção dessa ordem religi-osa no Brasil pela regência do Império em 1831. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                        

                

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         em 20. Set. 2018 Contador de visitas