O MARQUÊS DE POMBAL E A INSTRUÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL E NO BRASIL (SÉCULO XVIII).

Francisco Adegildo Férrer

Resumo


Buscamos no presente trabalho analisar o pensamento iluminista português, particularmente nos aspectos que dizem respeito à educação, tendo em vista identificar a matriz teórica que daria substrato às reformas educativas implementadas por Sebastião José de Carvalho e Meio, o Marquês de Pombal, durante o reinado de D. José I (1750-1777). Sendo assim, procuramos particularmente a partir do pensamento de Verney e Ribeiro Sanches, reconhecer até que ponto as ações de Pom-bal tinham a ver com os pressupostos iluministas. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

             


                          

 

 

  Endereço: Avenida da Arquitetura, s/n, Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) - 10º andar, CEP: 50740-550, Cidade Universitária, Recife-PE, Brasil. Email: editorclio@gmail.com. Fone: +55 (81)2126-8291