PORTUGUESES, BAHIANOS E PERNAMBUCANOS : OS FRANCISCANOS DA PROVÍNCIA DE SANTO ANTÔNIO DO BRASIL EM ÉPOCA DE TRANSIÇÃO.

Marcos Antônio de Almeida

Resumo


Esse artigo procura estabelecer uma relação de aproximação entre o recrutamento das vocações franciscanas e os conflitos internos entre grupos pertencentes a regiões distintas: Portugal, Pernambuco e Bahia. A cronologia do conflito analisado vai de 1779 a 1825.0 espaço da circunscrição franciscana analisada abrange a geografia Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil, do Ceará à Bahia. Essa geografia engloba três grupos distintos procedentes de Portugal, da Bahia (da qual Sergipe é parte integrante) e Pernambuco (com suas capitanias anexas: Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Alagoas). Valendo-se da Lei da Alternativa, os franciscanos procuraram conduzir os conflitos internos para apaziguar os ânimos politico-sociais de uma colônia em crise. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


                          

             

 ISSN: 0102-9487  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com