O DESVELAR DO OCULTO EM BENJAMIN LEE WHORF: PROBLEMAS EPISTEMOLÓGICOS.

Roberto de Amorim Almeida

Resumo


Este artigo trata de uma apreciação que o autor faz acerca da "afirmação whorfiana" sobre o relacionamento ou relacionamentos existentes entre processos cognoscitivos e realidades específicas. Segundo o autor do artigo, Roberto Amorim, este trabalho é uma tentativa de estudar epistemologicamente estas "possibilidades cognoscitivas" do nosso pensar e suas relações com a cultura, a civilização e a época. O problema exposto por Benjamin Lee Whorf levou o autor, na seqüência, a admitir o "princípio do desvelar do oculto": todos os observadores não possuem a mesma imagem do universo a não ser que a maneira de se relacionarem com o mesmo seja idêntica. Portanto, esta abordagem se coloca além das fronteiras da antropologia cultural e da lingüística e se dirige ao ponto principal: os fundamentos do nosso conhecimento. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                          

             

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                  contador inserido em 14. Junho. 2018   hits counter html