UM URBANISMO EXCLUDENTE: O CASO DA CAPITAL FEDERAL E DO BAIRRO DO RECIFE NO INÍCIO DO SÉCULO XX.

Carlos Alberto Cunha Miranda

Resumo


Este artigo trata dos projetos das reformas urbanas realizadas na Capital Federal e no Bairro do Recife, incluindo o seu porto, nos primeiros anos do século XX. Nossa intenção é analisar o papel do higienismo e dos planos de saneamento nos dois centros urbanos, desde os primeiros momentos até os planos gerais da reforma urbana, responsável por impactos significativos na morfologia e na ordem sócio-espacial da cidade. Este artigo procura demonstrar que o sanitarismo também se caracterizou não só como um projeto inovador, mas também como um instrumento de controle da ordem social da urbe. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

             


                          

 

 

  Endereço: Avenida da Arquitetura, s/n, Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) - 10º andar, CEP: 50740-550, Cidade Universitária, Recife-PE, Brasil. Email: editorclio@gmail.com. Fone: +55 (81)2126-8291