CAMINHOS DA RENOVAÇÃO CULTURAL NO RECIFE (1940-50): O TEATRO.

Flávio Weinstein Teixeira

Resumo


Focalizando o que ocorreu no campo da criação teatral, esse texto procura acompanhar os caminhos da renovação cultural no Recife dos anos 1940/50. Em razão do quê, centra sua análise nos papéis desempenhados por dois grupos surgidos nos anos 40, que, no entanto, dispunham de programas bastante distintos entre si: o TAP (Teatro de Amadores de Pernambuco) e o TEP (Teatro do Estudante de Pernambuco). 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

             


                          

 

 

  Endereço: Avenida da Arquitetura, s/n, Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) - 10º andar, CEP: 50740-550, Cidade Universitária, Recife-PE, Brasil. Email: editorclio@gmail.com. Fone: +55 (81)2126-8291