VIOLAR MEMÓRIAS E GESTAR A HISTÓRIA.

Durval Muniz de Albuquerque Júnior

Resumo


Este texto analisa a relação entre Memória e História. Como o historiador se comporta diante das memórias que manipula. A memória deve ser respeitada, resgatada pelo discurso do historiador ou esse só é possível à medida que as memórias de que lança mão são violadas, recortadas, tramadas? O historiador salva ou destrói memórias?

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

             


                          

 

 

  Endereço: Avenida da Arquitetura, s/n, Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) - 10º andar, CEP: 50740-550, Cidade Universitária, Recife-PE, Brasil. Email: editorclio@gmail.com. Fone: +55 (81)2126-8291