PODER LOCAL VERSUS DEPENDÊNCIA EXTERNA NO BRASIL COLONIA: OS DONOS DA TERRA, A POLÍTICA DE SESMARIAS E O DESENVOLVIMENTO.

Olímpio J. de Arroxelas Galvão

Resumo


O trabalho argumenta que a discussão da questão da dependência externa como obstáculo ao desenvolvimento de países do Terceiro Mundo é tradicionalmente centrada no período após a independência política desses países. Ao discutir o caso brasileiro, este trabalho questiona a excessiva ênfase atribuída a "fatores externos" e argumenta que fatores domésticos - expressos em termos do enorme poder das elites agrárias locais e regionais - teriam desempenhado, já no período colonial, um papel determinante no atraso econômico brasileiro.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                        

                

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         em 20. Set. 2018 Contador de visitas