Recife e as revoluções libertárias. (Recife and the libertarian revolutions)

Potiguar Matos

Resumo


O Recife nao é, apenas, geografla física. É geografla sentimental, terra e carne, pedaço da gente misturado com casas, velhos telhados, pontes, rios rebeldes, mocambos, avenidas, sois brancos quebrando-se no gume das ondas azuis e verdes, com ressacas no coração.

Recife is not just a physical geography. It is sentimental geography, soil and flesh, a piece of people mixed with houses, old roofs, bridges, rebellious rivers, mocambos, avenidas, white suns breaking on the edge of blue and green waves, with hangovers in the heart .


Palavras-chave


Recife; Geografia sentimental; Revoluções libertárias; Sentimental geography; Libertarian revolutions

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

             


                          

 

 

  Endereço: Avenida da Arquitetura, s/n, Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) - 10º andar, CEP: 50740-550, Cidade Universitária, Recife-PE, Brasil. Email: editorclio@gmail.com. Fone: +55 (81)2126-8291