Religião e política em conflito: Paulo Stuart Wright e o golpe de 1964

Márcio Vilela

Resumo


Neste artigo procuramos compreender as implicações da atuação política e religiosa de Paulo Stuart Wright. Atuação que, a partir do Golpe civil e militar de 1964, sofreu forte reação de setores majoritários da Igreja Presbiteriana do Brasil que passaram a enxergá-lo como uma ameaça à comunidade religiosa e à sociedade. Momento em que se acentua no Brasil um ambiente de intenso conflito político, contribuindo para a expulsão deste personagem da Igreja, a ter o seu mandato de deputado estadual por Santa Catarina cassado, ser exilado, viver na clandestinidade e, posteriormente, já na década de 1970, ser assassinado pelos órgãos de repressão. Trajetória que em muito representa a de outros personagens da história recente do Brasil. 


Palavras-chave


Trajetória; Repressão; Igreja

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Márcio Moreira. O Cristo do povo. Rio de Janeiro: Editora Sabiá, 1968.

AQUINO, Marcia Elizabeth de. Personas: gradações do discurso político-religioso no Brasil pós-64. São Paulo: M. E. de Aquino, 2003.

ARAÚJO, Maria Paula. Uma história oral da Anistia no Brasil: memória, testemunho e reparação. In: MONTENEGRO, Antonio Torres; RODEGHERO, Carla Simone; ARAÚJO, Maria Paula (Orgs.). Marcas da Memória: história oral da Anistia no Brasil. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2012.

DREIFUSS, René Armand. 1964: a conquista do Estado: ação política, poder e golpe de classe. 6°.edição. Petrópolis-RJ: Vozes, 2006.

FICO, Carlos. Como eles agiam: os subterrâneos da ditadura militar: espionagem e polícia política. Rio de Janeiro. Record, 2001. p. 115-135.

FREITAS, Alípio de. Resistir é preciso. Rio de Janeiro: Record, 1981.

FURTADO, Celso. A fantasia desfeita. 3a edição. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1989. p. 119.

GASPARI, Elio. A ditadura envergonhada: as ilusões armadas. São Paulo: Ed. Companhia das Letras, 2002.

GOMES, Angela de Castro. A invenção do trabalhismo. 3ª Ed. Rio de Janeiro. Ed. FGV, 2005.

LOWY, Michael. Eric Hobsbawm, sociólogo do milenarismo campesino. In: Revista Estudos Avançados 69. Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados. Vol. 24, n° 69, maio-ago. 2010. p. 114.

PAEGLE, Eduardo Guilherme de Moura. Entre a cruz e a espada: os aspectos biográficos da vida de Paulo Stuart Wright. Protestantismo em Revista, São Leopoldo, v. 26, p. 122-127, set./dez. 2001.

PAEGLE, Eduardo Guilherme de Moura. A posição política da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) nos anos de chumbo (1964-1985). Dissertação (Mestrado em História) – Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006. p. 148-157.

PAIXÃO JUNIOR, Valdir Gonzales. A era do trovão: poder e repressão na Igreja Presbiteriana do Brasil no período da ditadura militar (1966-1978), Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) – Universidade Metodista de São Paulo, São Paulo, 2000.

PEREIRA, Anthony W. Ditadura e repressão: o autoritarismo e o estado de direito no Brasil, no Chile e na Argentina. São Paulo: Paz e Terra, 2010.

REIS FILHO, Daniel Aarão. Ditadura militar, esquerdas e sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2005.

ROLLEMBERG, Denise. Exílio: entre raízes e radares. Rio de Janeiro: Record, 1999.

ROLLEMBERG, Denise; QUADRAT, Samantha Viz (Org.). A construção social dos regimes autoritários. Legitimidade, consenso e consentimento no século XX. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

SARZYNSKI, Sara. Ressurecting Canudos and Revolutionizing Jesus: Religous symbols and rural social activism in Northeasttern Brazil. Paper presented at New York City Latin American History Workshop. 28 jan. 2011.

SHAULL, Richard. Surpreendidos pela graça. Memórias de um teólogo: Estados Unidos, América Latina, Brasil. Rio de Janeiro: Record, 2003.

SKIDMORE, Thomas. Brasil: de Getúlio Vargas a Castelo Branco, 1930-1964. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

WRIGHT, Jan Delora. O coronel tem um segredo: Paulo Stuart Wright não está em Cuba. Petrópolis: Vozes, 1993.




DOI: https://doi.org/10.22264/clio.issn2525-5649.2016.34.1.al.307-323

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas