ÍNDIOS/AS, NEGROS/AS, MESTIÇOS/AS PARA ALÉM DA PAISAGEM AMAZÔNICA: A CONSTRUÇÃO DE EXPERIÊNCIAS LOCAIS EM NOTAS ETNOGRÁFICAS DA OBRA BRASILEIRA DE ALFRED RUSSEL WALLACE (1850-1852)

Victor Rafael Limeira da Silva, José O. Aguiar

Resumo


O artigo tece considerações sobre a historiografia que abordou as viagens científicas no Brasil Imperial, com destaque para a trajetória de Alfred Russel Wallace pelos rios e matas equatoriais da Amazônia e para os mais variegados encontros culturais e humanos que tiveram espaço nessa jornada coletora. Ganha relevo o destaque à descrição de índios/as e negros/as na ótica do naturalista-viajante e a análise das características e recorrências de seu olhar tanto em caráter de comparação com escritos contemporâneos, quanto em sentido de ruptura, dissensão e criatividade.

Palavras-chave: Alfred Russel Wallace. História das Viagens Científicas. Etnohistória.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                        

                

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         em 20. Set. 2018 Contador de visitas