O projeto escola viva: a política de educação neoliberal de Paulo Hartung, no Espírito Santo (2003-2016). // The living school project: the neoliberal education policy of Paulo Hartung, in Espírito Santo (2003-2016).

Ueber José de Oliveira, Marcos Marcelo Lirio

Resumo


O presente artigo tem como propósito analisar a política educacional no contexto da chamada Era Paulo Hartung (2003-2016), partindo da hipótese de que foi a partir dela que se adotou de forma mais sistemática e incisiva, no Espírito Santo, a concepção de gerenciamento do Estado pautada, sobretudo, pela lógica neoliberal, na qual os princípios de qualidade total e eficiência passaram a exercer um poder central sobre os rumos políticos e econômicos do Estado do Espírito Santo em termos de política educacional. Tal fenômeno ocorre em um contexto de forte hegemonia da concepção urbano-industrial, a qual busca atender a interesses ancorados na agenda da ONG ES em ação, organismo que congrega diversas empresas de grande porte e que controla a agenda política capixaba, impondo ao conjunto do Estado o seu projeto de desenvolvimento econômico e social. Para alcançar os objetivos propostos neste estudo, utilizamos como metodologia a análise documental. O trabalho conclui que a política educacional do Governo Paulo Hartung, materializado no Programa Escola Viva, representa uma escalada rumo ao processo de privatização do sistema público de ensino do Espírito Santo e resulta de um processo antidemocrático, uma vez que não foi fruto de diálogo com a sociedade, mecanismo que consideramos mais adequado para a implementação de políticas públicas na área da educação.


The purpose of this article is to analyze educational policy in the context of the so - called Era Paulo Hartung (2003-2016), starting from the hypothesis that it was from this that the conception of management was adopted in a more systematic and incisive way in. Of the state governed mainly by the neoliberal logic, in which the principles of total quality and efficiency came to exert a central power over the political and economic directions of the State of Espírito Santo in terms of educational policy. In order to reach the objectives proposed in this study, we used as documentary analysis methodology. The issue concludes that the educational policy of the Government Paulo Hartung, embodied in the Living School Program, represents an escalation of the process of privatization of the public education system of Espírito Santo and results from an undemocratic process, since it was not the result of a dialogue with society, which we consider to be more adequate for the implementation of public policies in the area of education


Palavras-chave


Política; Educação; Programa Escola Viva; Era Paulo Hartung. // Politics; Education; Living School Program; Era Paulo Hartung.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

                        

                

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas