Graduação em enfermagem: uma análise do currículo da perspectiva de gênero

Sheila Milena Pessoa dos Santos, Eulina Maria Pessoa Carvalho

Resumo


RESUMO

Objetivo: analisar o currículo do Curso de Enfermagem de uma universidade pública sob a perspectiva de gênero. Método: estudo qualitativo realizado por meio da técnica de análise documental. Utilizaram-se como documentos primários o Projeto Pedagógico e os Planos de Curso. Resultados: constata-se que o currículo está organizado predominantemente em torno da assistência biológica e hospitalar, o que contribui para uma visão fragmentada, que não contempla os aspectos relacionais do cuidado; e que os sujeitos são representados de forma genérica e descontextualizada, omitindo-se as questões de gênero. Conclusão: a organização curricular silencia aspectos fundamentais para a problematização e compreensão do processo saúde e doença em sua dimensão integral. Descritores: Enfermagem; Gênero e Saúde; Currículo.

ABSTRACT

Objective: to analyze the Nursing Course curriculum of a public university from a gender perspective. Method: a qualitative study was conducted through documentary analysis. The curricular project and the courses syllabi were used as primary documents. Results: the curriculum is organized predominantly around biological and hospital care, which contributes to a fragmented view that does not include the relational aspects of care; patients are represented in a generic and decontextualized form, and gender issues are ignored. Conclusion: the curricular organization silences aspects that are fundamental for problematizing and understanding the health and disease process in its full dimension. Descriptors: Nursing; Gender and Health; Curriculum.

RESUMEN

Objetivo: analizar el plan de estudios del Curso de Enfermería de una universidad pública bajo la perspectiva de género. Método: es un estudio cualitativo a través del análisis documental. El proyecto curricular, el plan de estudios y los planes de las asignaturas fueran utilizados como documentos primarios. Resultados: se observó que el plan de estudios se organiza principalmente en torno al cuidado biológico y hospitalario, lo que contribuye a una visión fragmentada, que no incluye los aspectos relacionales de la atención; y que los sujetos son representados en forma genérica y descontextualizada, se omitiendo las cuestiones de género. Conclusión: la organización del plan de estudios silencia aspectos fundamentales para la problematización y la comprensión del proceso salud y enfermedad en su dimensión integral. Descriptores: Enfermería; Género y Salud; Plan de Estudios.


Palavras-chave


Enfermagem; Gênero e Saúde; Currículo

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v9i4a10562p8079-8087-2015



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios