Percepções de usuários da estratégia de saúde da família sobre saúde, prevenção e autocuidado

Daiana Cristina Dessuy Vieira, Vivian Lemes Lobo Bittencourt, Henrique Moraes Hamerski, Taís Paz da Silva, Eniva Miladi Fernandes Stumm, Eva Teresinha de Oliveira Boff

Resumo


RESUMO

Objetivo: analisar percepções de usuários de uma Estratégia de Saúde da Família referentes ao entendimento acerca dos conceitos de saúde, prevenção de doenças e autocuidado. Método: estudo descritivo, com abordagem qualitativa, desenvolvido em uma Unidade de Estratégia de Saúde da Família da região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul.  A produção de dados ocorreu em junho de 2015, com abordagem de cinco famílias, aleatoriamente, com uso de instrumento que compreende quatro dimensões. Optou-se por abordar uma delas, no presente trabalho: concepções de saúde. Realizadas entrevistas individuais nos domicílios dos usuários. Resultados: emergiram quatro categorias analíticas, guiadas pelos preceitos da análise de conteúdo. Conclusão: evidenciada necessidade de promover a saúde em diversos aspectos: hábitos de vida saudáveis, qualificação do ambiente de trabalho, moradia e participação comunitária. Descritores: Educação para Saúde; Integralidade em Saúde; Autocuidado.

ABSTRACT

Objective: analyzing the perceptions of users of a Family Health Strategy referring to the understanding about the concepts of health, disease prevention and self-care. Method: a descriptive study of a qualitative approach developed in a Family Health Strategy Unit of the Northwest of Rio Grande do Sul State region. The data production came in June 2015 with the approach of five families, randomly, using instrument comprising four dimensions. We chose to address one of them in the present study: health concepts. There were conducted individual interviews at the homes of users. Results: four analytical categories emerged, guided by the precepts of content analysis. Conclusion: it was demonstrated the need for health promotion in many ways: healthy living, skilled labor environment, and housing and community participation. Descriptors: Health Education; Completeness Health; Self-Care.

RESUMEN

Objetivo: analizar la percepción de los usuarios de una Estrategia de Salud de la Familia para la comprensión de los conceptos de salud, prevención de enfermedades y el autocuidado. Método: este es un estudio descriptivo con un enfoque cualitativo, desarrollado en una Unidad de Estrategia de Salud de la Familia del Noroeste de Río Grande do Sul. La producción de los datos se llevó a cabo en junio de 2015, con enfoque de cinco familias, aleatoriamente, usando instrumento que comprende cuatro dimensiones. Elegimos para hacer frente a uno de ellos, en este estudio: los conceptos de salud. Entrevistas individuales fueron realizadas en los hogares de los usuarios. Resultados: cuatro categorías de análisis surgieron, guiadas por los preceptos de análisis de contenido. Conclusión: necesidad demostrada para promover la salud de muchas maneras: vida sana, calificación del ambiente de trabajo, la vivienda y la participación comunitaria. Descriptores: Educación para la Salud; Integralidad en la Salud; El Autocuidado.


Palavras-chave


Educação para saúde, Integralidade em saúde, Autocuidado

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v10i2a10971p413-418-2016



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios