Percepção de equipes de saúde da família sobre a atenção básica na rede de urgência

Patrícia Madalena Vieira Hermida, Eliane Regina Pereira do Nascimento, Guilherme Mortari Belaver, Rutes de Fátima Terres Danczuk, Diego Leonardo Fortuna Alves, Walnice Jung

Resumo


RESUMO

Objetivo: conhecer a percepção de equipes de Saúde da Família sobre a atenção básica na Rede de Urgência. Método: estudo descritivo-exploratório e qualitativo, realizado com entrevista semiestruturada a profissionais de Centros de Saúde de um município de Santa Catarina/SC. Para analisar os dados, utilizou-se o Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: emergiram quatro discursos com as Ideias Centrais: a atenção básica como referência à urgência e emergência; fluxo do atendimento; potencialidades; e dificuldades do atendimento de urgência e emergência na atenção básica. Dentre as potencialidades, aponta-se a dedicação dos profissionais no acolhimento do usuário e a classificação para definição do atendimento; e como dificuldades, a falta de equipamentos, transporte, espaço físico e pouca capacitação das equipes. Conclusão: são necessárias melhorias na atenção básica, principalmente estruturais e de recursos humanos para uma assistência segura e de fato pactuada às urgências. Descritores: Atenção Primária à Saúde; Estratégia Saúde da Família; Serviços de Saúde; Serviços Médicos de Emergência; Enfermagem. Descriptors: Primary Health Care; Family Health Strategy; Health Services; Emergency Medical Services; Nursing.

ABSTRACT

Objective: to learn the perception that Family Health teams have about the primary health care provided in the Urgency Network. Method: qualitative, descriptive and exploratory study carried out through semi-structured interviews of professionals from Health Centers in a municipality of Santa Catarina/SC. We used the Collective Subject Discourse in order to analyze the data. Results: four discourses emerged with the Central Ideas: primary care as a reference to urgency and emergency care; flow of care; capabilities; and difficulties of the service offered to situations of urgency and emergency in the primary care. Among the capabilities, the dedication of professionals in assisting users and the classification for defining the service stand out; and as for the difficulties, the lack of equipment, transportation, physical space and little training of teams stand out. Conclusion: improvements are needed in primary care, mainly those related to structural aspect and human resources, in order to offer a safe service that meet the urgency demand. Descriptors: Primary Health Care; Family Health Strategy; Health services; Emergency Medical Services; Nursing. Descriptors: Atención Primaria de Salud; Estrategia de Salud Familiar; Servicios de Salud; Servicios Doctors Urgencia; Enfermería.

RESUMEN

Objetivo: conocer la percepción de equipos de Salud de la Familia sobre la atención básica en la Red de Urgencia. Método: estudio descriptivo-exploratorio y cualitativo, realizado con entrevista semi-estructurada a profesionales de Centros de Salud de un municipio de Santa Catarina/SC. Para analizar los datos, se utilizó el Discurso del Sujeto Colectivo. Resultados: surgieron cuatro discursos con las Ideas Centrales: la atención básica como referencia a la urgencia y emergencia; flujo del atendimiento; potencialidades; y dificultades del atendimiento de urgencia y emergencia en la atención básica. Dentro de las potencialidades, se muestra la dedicación de los profesionales en la acogida del usuario y la clasificación para definición del atendimiento; y como dificultades, la falta de equipamientos, transporte, espacio físico y poca capacitación de los equipos. Conclusión: son necesarias mejorías en la atención básica, principalmente estructurales y de recursos humanos para una asistencia segura y de hecho pactada a las urgencias. Descriptores: Atención Primaria de Salud; Estrategia de Salud Familiar; Servicios de Salud; Servicios Médicos de Urgencia; Enfermería.


Palavras-chave


Atenção Primária à Saúde; Estratégia Saúde da Família; Serviços de Saúde; Serviços Médicos de Emergência; Enfermagem

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v10i4a11100p1170-1178-2016



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios