Aspiração endotraqueal: práticas da equipe de saúde no cuidado ao paciente crítico

Érida Zoé Lustosa Furtado, Ana Maria Ribeiro dos Santos, Maria Eliete Batista Moura, Fernanda Valéria Silva Dantas Avelino

Resumo


RESUMO

Objetivo: identificar os cuidados adotados pela equipe de saúde durante a aspiração endotraqueal em unidades de terapia intensiva. Método: estudo exploratório descritivo com abordagem quantitativa, realizado com 38 profissionais de duas unidades de terapia intensiva de um hospital filantrópico, por meio da técnica de observação estruturada não participante. Os dados foram analisados pelo programa Statistical Product and Service Solutions (SPSS), versão 17.0. Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa, CAAE nº 0235.0.045.000-09. Resultados: quanto aos procedimentos, 71,1% não foram explicados aos pacientes; em 63,2% as mãos não foram higienizadas antes da aspiração; em 94,7% os óculos de proteção não foram utilizados; em 89,5% a fração de oxigênio não foi aumentada; em 68,4% o tempo de aspiração foi superior a 15 segundos; em 78,9% não houve descontaminação oral com antisséptico; e 76,3% não foram registrados nos prontuários. Conclusão: as diretrizes norteadoras do procedimento nem sempre foram levadas em consideração quando da realização dos passos desse cuidado. Descritores: Cuidados Intensivos; Unidades De Terapia Intensiva; Intubação Endotraqueal; Enfermagem.

ABSTRACT

Objective: to identify healthcare procedures adopted by the healthcare team during endotracheal aspiration in intensive care units. Method: descriptive and exploratory study with quantitative approach, carried out with 38 professionals from two intensive care units of a philanthropic hospital, through the technique of structured non-participant observation. The data were analyzed using the Statistical Product and Service Solutions (SPSS) program, version 17.0. This study was approved by the Research Ethics Committee, CAAE No. 0235.0.045.000-09. Results: with respect to the procedures, 71.1% had not been explained to patients; in 63.2% hands-washing had not been performed before aspiration; in 94.7% protective glasses had not been worn; in 89.5% the fraction of oxygen had not been increased; in 68.4% the time of aspiration had exceeded 15 seconds; in 78.9% there had not been oral decontamination with antiseptic solution; and 76.3% had not been recorded in the medical charts. Conclusion: the guidelines of the procedure were not always taken into account when performing the steps of this healthcare procedure. Descriptors: Intensive Care; Intensive Care Units; Endotracheal Intubation; Nursing.

RESUMEN

Objetivo: identificar los cuidados adoptados por el equipo de salud durante la aspiración endotraqueal en unidades de cuidados intensivos. Método: estudio exploratorio descriptivo con enfoque cuantitativo, llevado a cabo con 38 profesionales de dos unidades de cuidados intensivos de un hospital filantrópico, mediante la técnica de observación estructurada no participante. Los datos fueron analizados con el programa Statistical Product and Service Solutions (SPSS) versión 17.0. Este estudio fue aprobado por el Comité de Ética de Investigación, CAAE Nº 0235.0.045.000-09. Resultados: en cuanto a los procedimientos, 71,1% no habían sido explicados a los pacientes; en 63,2% las manos no habían sido desinfectadas antes de la aspiración; en 94,7%  los anteojos de seguridad no habían sido utilizados; en 89,5% la fracción de oxígeno no había sido aumentada; en 68,4% el tiempo de aspiración había sido superior a 15 segundos; en 78,9% no había sido realizada la descontaminación oral con un antiséptico; y 76,3% no habían sido registrados en los prontuarios médicos. Conclusión: las directrices del procedimiento no se tomaron siempre en cuenta al realizar los pasos de este cuidado. Descriptores: Cuidados Intensivos; Unidades De Cuidados Intensivos; Intubación Endotraqueal; Enfermería.


Palavras-chave


Cuidados Intensivos; Unidades de Terapia Intensiva; Intubação Endotraqueal; Enfermagem

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v7i12a12369p6998-7006-2013



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios