Humanization of health assistance in intensive care units: a real possibility

Gabriela Torres Dias, Jussarah Santos Souza, Thales Augusto Barçante, Lúcia Maciel de Castro Franco

Resumo


ABSTRACT

Objective: to analyze the importance of humanizing the nursing assistance in the typically technological ICU environments. Method: this is about a literature systematic review, in order to elaborate this study, 13 scientific articles found at Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) were used. Some criteria were adopted in the search, starting with the timespan, which only encompassed the years 2003 through 2008; besides that, only articles that dealt with humans were within our scope of interest; finally, we searched for articles written in Portuguese, English, Spanish or Italian. The texts were selected through the reading of their abstracts, and those which did not seem to have any relationship with the subject matter of the study, or that were repeated, were left out. Results: the dehumanization of the ICU environment cannot be attributed to technology alone as its main cause. The way by which the nursing professionals deal with these resources favors a balance between machine and human being. The article shows the relevance of humanization in Intensive Care Units, recognizing the patient’s and his/her family’s individuality, as well as the humanization of the professionals themselves as necessary elements for the process as a whole. Conclusion: by implanting a more humane attitude, both the patient and his/her family will feel safer and more welcome to face one of the most difficult periods of life in a more positive way. Descriptors: humanization of assistance; intensive care units; nursing care; family; hospitalization.

RESUMO

Objetivo: analisar a importância do processo de Humanização da Assistência de Enfermagem no ambiente tecnicista da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Método: revisão sistemática de literatura em 13 artigos científicos encontrados na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Como limites foram definidos anos de publicação de 2003 a 2008, humanos e idiomas português, inglês, espanhol e Italiano. Os artigos foram selecionados por meio da leitura dos títulos e resumos, sendo excluídos aqueles que não apresentavam relação com o tema ou estavam repetidos. Resultados: a desumanização no ambiente da UTI não pode ter a tecnologia como causa principal. A forma como a enfermagem lida com tal recurso é que propicia o equilíbrio entre a máquina e o humano. O artigo mostra a relevância da humanização do cuidado intensivo, reconhecendo a individualidade do paciente e da família assim como a humanização dos próprios profissionais necessários para o processo. Conclusão: com a implantação da humanização será possível fazer com que o paciente e a família se sintam mais acolhidos e seguros para enfrentar de maneira mais positiva um dos momentos mais difíceis da vida. Descritores: humanização da assistência hospitalar; unidades de terapia intensiva; assistência de enfermagem; família; hospitalização.

RESUMEN

Objetivo: analizar la importancia del proceso de Humanización de la Asistencia de Enfermería en el ambiente tecnicista de la Unidad de Terapia Intensiva (UTI). Método: revisión sistemática de la literatura siendo utilizados para la construcción de este estudio 13 artículos científicos encontrados en la Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Como límites fueron definidos años de publicación de 2003 a 2008, humanos e idiomas: portugués, inglés, español e italiano. Los artículos fueron seleccionados a través de la lectura de los títulos y resúmenes, siendo excluidos aquellos que no presentaban relación con el tema o estaban repetidos. Resultados: la deshumanización en el ambiente de la UTI no puede tener la tecnología como causa principal. La forma como la enfermería lidia con tal recurso es que propicia el equilibrio entre la máquina y lo humano. El artículo muestra la relevancia de la humanización del cuidado intensivo, reconociendo la individualidad del paciente y de la familia así como la humanización de los propios profesionales necesarios para el proceso. Conclusión: con la implantación de la humanización será posible hacer que el paciente y la familia se sientan más acogidos y seguros para enfrentar de una manera más positiva uno de los momentos más difíciles de la vida. Descriptores: humanización de la atención; unidades de terapia intensiva; atención de enfermería; família; hospitalización.

 


Palavras-chave


Humanização da Assistência Hospitalar; Unidades de Terapia Intensiva; Assistência de Enfermagem; Família

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/reuol.600-7562-4-LE.0403esp201001



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios