Tumoral skin lesion: case report of a patient with non-hodgkin lymphoma

Giovana Paula Rezende Simino, Andrea Mathes Faustino, Christiane Inocêncio Vasques, Paula Elaine Diniz Reis, Karine Raphaela Missias Silva, Gabriela Andrade Camelo

Resumo


Objetivo: descrever as intervenções de enfermagem no manejo de feridas cutâneas malignas em duas diferentes regiões anatômicas de um paciente com Linfoma Não-Hogkin, de células T. Método: Relato de caso. O paciente foi seguido por um período de 44 dias, cujo início ocorreu em concomitância com a radioterapia. As trocas de cobertura foram feitas pelas enfermeiras pesquisadoras com frequência semanal, quando também eram fornecidas orientações para o cuidado domiciliar da ferida. Resultados: O tratamento das feridas obteve êxito na reparação tecidual. Foram utilizados diferentes tipos de cobertura para o manejo dos sinais e sintomas das lesões, de acordo com o estágio de reepitelização da ferida, considerando as especificidades da ferida maligna e da radioterapia. Conclusões: As intervenções de enfermagem utilizadas, elaboradas de forma individualizada, promoveram conforto ao paciente durante a radioterapia e foi fator preponderante para a completa regeneração dos tecidos, bem como a amenização dos efeitos adversos cutâneos, tal como a radiodermatite.

Palavras-chave


Neoplasias, Úlcera, Enfermagem, Radioterapia

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v6i4Y2012p854-860



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios