A URGÊNCIA DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO NA MICRORREGIÃO DA MATA MERIDIONAL PERNAMBUCANA

Gustavo Souza Barbosa

Resumo


A educação tem se tornado cada vez mais um elemento chave para o desenvolvimento socioeconômico, reflexo disto tem sido sua valorização pelo Estado mediante políticas públicas específicas, como tem feito o estado de Pernambuco. As políticas públicas, por sua vez, inserem-se em territórios complexos e heterogêneos, neste sentido, o artigo tem como objetivo geral discutir os desafios de uma política pública estadual quanto ao quadro educacional da Microrregião da Mata Meridional Pernambucana e, como objetivos específicos, visa-se discutir a relevância da educação atualmente; identificar as metas estaduais voltadas ao setor para os próximos anos e descrever o quadro microrregional de educação frente ao estado de Pernambuco e ao Brasil. A metodologia adotada baseou-se na pesquisa bibliográfica em autores específicos que abordam a relação educação-desenvolvimento e no levantamento documental das metas estaduais para a educação e de dados relativos ao setor nas escalas microrregional, estadual e nacional. Parte-se da hipótese que a melhoria da educação na Microrregião mostra-se bastante desafiadora para as metas pernambucanas e conclui-se que o quadro da educação microrregional como um todo apresenta índices aquém da situação educacional brasileira e pernambucana, tornando-se necessária, além de uma política pública de educação, uma política pública particular voltada às especificidades locais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES