DÁDIVA E ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS: uma abordagem ampliada da cooperação entre empresários

Elimar Pinheiro do Nascimento, Helena Araújo Costa

Resumo


O artigo tem como objetivo propor uma visão ampliada sobre a cooperação que se estabelece em espaços territorialmente aglomerados de produção. Afinal, os estudos sobre Arranjos Produtivos Locais (APL), em geral, enfatizam a importância da cooperação entre os atores econômicos, tanto em virtude do estímulo ao processo de inovação nas empresas quanto da elevação da competitividade. No entanto, as abordagens teóricas tendem a enfatizar a cooperação exclusivamente como ato de interesse pragmático e mercantil: aumentar o faturamento, o lucro ou a competitividade das empresas. A cooperação nos APL não se reduz à racionalidade instrumental, há outros aspectos que os paradigmas hegemônicos nas ciências sociais, por vezes, escondem mais que revelam. A abordagem da cooperação do ponto de vista da teoria da dádiva, sem negar os paradigmas anteriores, permite registrar que há outras formas de cooperação que não se reduzem ao interesse imediato de bem se situar no mercado. Ela possibilita ampliar o enfoque e registra formas de cooperação que visam o bem comum, a imagem da cidade, as necessidades das gerações futuras ou simplesmente exprimir relações de camaradagem.



Texto completo:

HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427